“Álbum”, uma viagem pela era dos discos de longa duração

Pedro Alexandre Sanches, "Álbum 1 - Saudade, Bossa Nova e as Revoluções dos Anos 1960" (2021)
Está nas livrarias virtuais a partir de hoje, quarta-feira (15), o primeiro volume do meu livro Álbum, subtítulo Saudade, Bossa Nova e as Revoluções dos Anos 1960. Serão quatro volumes, tecendo considerações sobre álbuns brasileiros importantes (pelo sucesso popular conquistado, mas nem sempre) que foram lançados desde a invenção do formato LP, no início dos anos 1950, até a decadência...

Quem tem medo de Malcolm X?

Malcolm X
"Sempre que você leva seu dinheiro para fora da sua comunidade e o gasta em uma comunidade onde não vive, a comunidade onde você vive fica cada vez mais mais pobre e a comunidade onde gasta seu dinheiro fica cada vez mais rica. Daí você se pergunta por que o lugar onde mora é sempre um gueto ou uma...

A vida depois da última sessão de cinema

CEU Butantã
Algo apocalíptico, o título Depois da Última Sessão de Cinema reflete o ambiente de destruição em que o cinema brasileiro mergulhou a partir do golpe de 2015 e, especialmente, da partir do governo de extermínio instalado em 2019 no Brasil. Mas o livro em questão remonta ao instante imediatamente anterior ao cataclisma, ainda num cenário de pleno progresso e construção. Em 2015,...

Ney Matogrosso chega aos 80 cheio de histórias para contar

Net Matogrosso - foto Leo Aversa
Não se completam mais 80 anos como antigamente, se tomarmos como modelo Ney Matogrosso (entre outros oitentões de 2021, como Roberto Carlos, Bob Dylan, Erasmo Carlos e Nana Caymmi). O cantor sul-matogrossense de "Sangue Latino" (1973), "América do Sul" (1975) e "Bandolero" (1978) chegou à data redonda no dia 1º de agosto, ainda e sempre vinculado à imagem de juventude e androginia que o projetou a partir...

Daniel Galera, em “O Deus das Avencas”, fala do destino

Daniel Galera lança "O Deus das Avencas"
Em O Deus das Avencas, o paulistano Daniel Galera fala do passado e do futuro, e engancha o leitor por um sentimento vivo de qualquer tempo, o de que o destino já foi traçado para todos. Mas seria um engano dizer que há um pré-determinismo, um abismo do qual é impossível escapar. A história de cada um ainda está...

A sociedade incivil, segundo Muniz Sodré

Muniz Sodré, que lançou "A Sociedade Incivil", durante o XVIII Enecult
A civilidade virou demodé. A ideia de cidadãos que respeitam certas formalidades e condutas para demonstrar mútuo respeito e consideração entre si vale muito pouco. A concepção de um cenário em que instituições, organizações e Estado atuam politicamente só existe formalmente. A bola da vez é A Sociedade Incivil (Editora Vozes), nominado em livro pelo sociólogo e jornalista Muniz...

Meu amigo João

João Gilberto nunca estudou violão, aprendeu sozinho com um violão emprestado. A batida no instrumento foi inspirada no jeito que Vadu Corta Passe, um jogador de futebol ruim de bola de Juazeiro, fazia percussão numa caixinha de fósforo.  Em seu primeiro grupo musical, Enamorados da Lua, ele e os outros três músicos se apresentavam de smoking, gravata borboleta e...

4 perguntas sobre Karl Marx

Karl Marx
Resumir e explicar. A tarefa já era hercúlea nos anos 1970, época em que o mundo passou a culpar os trabalhadores e os movimentos de esquerda pelo freio na expansão econômica do pós-guerra. Mas O Capital de Marx, obra agora traduzida no Brasil pela Editora Contracorrente, avançou por décadas e chega à sexta edição atualizando o pensamento de Karl...