Home Blog do Zema Ribeiro

Blog do Zema Ribeiro

A vocação do cantador

A Banda de Pau e Corda. Foto: Diego Araújo/ Divulgação
“Missão do cantador”, primeiro disco de inéditas em 30 anos, marca retorno da Banda de Pau e Corda ao mercado fonográfico e faz jus à sua trajetória Faixa que dá título ao novo disco da Banda de Pau e Corda, “Missão do cantador” (Sérgio Andrade) evoca “Nos bailes da vida”, de Milton Nascimento (e Fernando Brant) – a música também...

A delicadeza poética e a potência política de PC Silva

O cantor e compositor PC Silva. Foto: Rafael Moura/ Divulgação
Não é de hoje que as aberrações perpetradas cotidianamente pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido) têm inspirado reações de artistas, as mais diversas. Natural de Serra Talhada/PE, PC Silva lançou em agosto passado o elogiado “Amor, saudade e tempo”, seu disco de estreia, com participações especiais de Ceumar e Mônica Salmaso – dele, Ney Matogrosso gravará “Estranha toada”...

Criolina lança single com Estrela Leminski e Téo Ruiz e anuncia criação de selo

Dis-ritmia. Single. Capa. Reprodução
Alê Muniz e Luciana Simões, produtores do Festival BR 135, lançaram ano passado ep com seis artistas maranhenses A prolongada crise sanitária em que o Brasil está mergulhado – mais profundamente que o resto do mundo, infelizmente – impediu, entre inúmeros outros acontecimentos já consolidados no calendário cultural brasileiro, a realização do Festival BR 135, que há nove anos é...

Um beijo musical

O cantor e compositor Pedro Luís. Foto: Jorge Bispo. Divulgação
Todo dia é dia de alguma coisa e hoje, 13 de abril, é dia do beijo. Em todo desenho animado, qualquer maçã comida deixa de restos aquele miolo com os dois pólos, como se estivéssemos diante do cogumelo provocado por uma bomba atômica refletido na água. Na vida real, quando comemos uma maçã, não estamos preocupados em esculpi-la, lapidá-la: desejamos aproveitar...

Arthur Azevedo em perspectiva

Artur Nabantino Gonçalves de Azevedo. Reprodução
Apesar de dar nome a um dos mais importantes teatros do Brasil, o dramaturgo maranhense Arthur Azevedo (1855-1908) ainda é, infelizmente, menos reconhecido do que deveria, como afirma a professora doutora em Teatro Angela de Castro Reis, titular do departamento de Ensino de Teatro da Unirio, em conversa exclusiva com Farofafá. De hoje (6) até a próxima quarta-feira (8), às...

Uma procissão poética e humana

A procissão. Foto: Marina Casagrande. Divulgação
Como todas as linguagens artísticas, o teatro também se adaptou às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus. Hoje em dia assistimos também a peças encenadas diante da tela do computador ou do smartphone. O que por um lado pode ser um limitador da experiência teatral, espaço de encontros entre artistas e plateia por excelência, por outro colaborou com...

Afetos contra as intolerâncias

Com o afeto das canções. Capa. Reprodução
Num país cujo governo tem facilitado posse e porte de armas (de fogo), cada um luta com as armas que tem. O compositor Joãozinho Ribeiro aposta no afeto das canções e, em companhia de Rose Teixeira, sua companheira, e escoltado dos casais Cesar Teixeira e Irinete Chaves, que os anfitriona na Quitandinha Bibi Silva (o nome do reduto homenageia...

Um soco de beleza no fundo do peito

Direto no coração. Capa. Reprodução
Em algum momento dessa “vida aventureira”, o Brasil perdeu um pouco da delicadeza, ao fazer escolhas muito difíceis segundo editoriais no mínimo desonestos da grande imprensa. É um pouco desta delicadeza perdida o que nos devolve o novo disco de Claudio Nucci, “Direto no coração”, que é mesmo um soco de beleza no fundo do peito, uma injeção de...

A beleza das coisas

Caixeira do Divino. Fundação Pierre Verger. Reprodução
Exposição online, em cartaz no site do Centro Cultural Vale Maranhão, reúne 80 imagens produzidas por Pierre Verger em visita ao Maranhão nos anos 1940 Um negro chupa uma barra de gelo no cais, talvez a aliviar o calor ou o cansaço com o carregamento do peso, as próprias grandes barras de gelo ou grandes sacas desembarcadas. As águas da...

O espírito selvagem de Siron Franco

Siron. Tempo sobre tela. Frame. Reprodução
Mais conhecido como poeta, um dos maiores da língua portuguesa em todos os tempos, o próprio Ferreira Gullar, crítico de artes, aparece na tela afirmando ser Siron Franco o maior pintor brasileiro em atividade. Estamos falando de “Siron. Tempo sobre tela”, documentário monumental que acompanha a trajetória do artista. “Eu me lembro mais das coisas que pintei do que das...