Home Blog do Zema Ribeiro

Blog do Zema Ribeiro

Num país sem memória a ficção refaz a história

Léo Garcia, Sapiran Brito e Zeca Brito. Foto: Juliana Costa
"Legalidade", de Zeca Brito e Léo Garcia, terá estreia nacional hoje (20), às 19h, no Teatro Alcione Nazaré (Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Praia Grande) na programação (gratuita) do Festival Guarnicê de Cinema. A estreia mundial aconteceu em abril, no Festival Latino de Chicago, nos Estados Unidos. O filme costura, a partir de um triângulo amoroso fictício, uma narrativa...

Moraes Moreira, 72 carnavais

Moraes Moreira no Rock in Rio de 1985. Foto: Facebook Moraes Moreira. Reprodução
https://youtu.be/LcCw7MRdoPY As abelhas (Luis Enriquez Bacalov/ Vinicius de Moraes), de algum modo, me reconectou a Moraes Moreira (8/7/1947-13/4/2020), seu intérprete no álbum “infantil” “A arca de Noé”, com vários intérpretes e a obra para crianças de Vinicius de Moraes. José Antonio havia nascido e eu, com ele no colo, apresentava-lhe os mais variados videoclipes na intenção de fugir da Galinha Pintadinha, de...

Tutuca Viana lança “Avessa manhã” em turnê por cinco capitais brasileiras

O cantor e compositor maranhense Tutuca Viana. Foto: Fernanda Torres
Já fazia 10 anos que Tutuca Viana não lançava um disco novo. Em 2018 “Avessa manhã” pegou o fã-clube de surpresa. E mais de surpresa ainda as gerações mais jovens, que enxergam no cantor e compositor, apenas um produtor cultural, mentor do Lençóis Jazz e Blues Festival, definitivamente consolidado no calendário cultural do Maranhão, realizado justamente há 10 anos,...

Exposições e atividades marcam Semana da Consciência Negra no CCMP

Uma das imagens de "Quilombo: resistência!". Roberto Sobrinho. Reprodução
  Olhares perdidos e inocentes de crianças. Sorrisos de crianças. Crianças na soleira de uma casa de taipa. Uma mulher na lida no pilão. Um homem na lida no forno da casa de farinha. Vaqueiros. Os campos verdejantes da Baixada maranhense. O modus vivendi de uma comunidade. Em preto e branco ou colorido, as 18 fotografias que compõem a exposição “Quilombo:...

A leveza do berro sem limite para o risco

Júlia Emília em sessão de autógrafos de "Quitéria e Inês". Foto: divulgação
A dramaturgia de Júlia Emília é marcada por uma entrega rara. A própria artista carrega em si o talento de transformar a própria dor em força e dar voz a personagens tão interessantes quanto, infelizmente, desconhecidas. Assim é em "Quitéria e Inês" (Quintal Edições, 2019), seu mais recente livro-peça – que encerra a trilogia iniciada com "Meninilha" (2012) e...

A idade da liberdade

"Nascimento de um instante e Aurora". Frame. Bruno Graziano. Reprodução
O guitarrista da Nação Zumbi, Lucio Maia, após projetos paralelos como Maquinado ("Homem binário", de 2007, e "Mundialmente anônimo: o magnético sangramento da existência", de 2010), "AlmaZ" (com Seu Jorge e Antonio Pinto, de 2010), além de dois discos com o Soulfly ("Soulfly", de 1998, e "Tribo", de 1999) volta a nos surpreender. Desta feita, e em plena quarentena, torna...

Segunda etapa do IMS Convida tem dois maranhenses entre os selecionados

Ton Bezerra durante a performance "Elo de resistência" (2016) em São Luís. Divulgação
“Meu trabalho é uma coisa que está mais ligado a um conceito do que ao material em si. O material é apenas um substrato do poético que vai revelar outras camadas que tem por baixo ou por cima disso tudo. O trabalho é isso, são essas ideias, essas conjunções de ideias, que vão somando com esse olhar que eu...

Luana do objeto à nuvem ao objeto

Sul e Branco são o par de discos recém-lançados por Luana Carvalho, que surgem juntos, em formato de cd duplo, mas funcionariam bem se lançados independentes entre si. Aliás, o conjunto ultrapassa os limites do formato álbum, em que se convencionou embalar um punhado de canções. A cantora e compositora é filha de Beth Carvalho, mas, a não ser pelo...

O cinema musical de Cabelo na encruzilhada

Luz com trevas. Capa. Reprodução
Artista multimídia, Cabelo Cobra Coral acaba de lançar seu primeiro disco solo, ele, poeta, cantor, compositor e artista visual. “Cinema é luz com trevas”, diz verso da faixa-título (Cabelo/ Leo Saad/ Fabricio Oliveira). “Negativo, positivo, é a rebelião sem trégua”, continua. Lembro-me de Cabelo liderando a Banda Boato, que fez algum barulho no Rio de Janeiro entre meados da década...

“Treva”, terceiro álbum da Gallo Azhuu, é carregado de referências

A banda Gallo Azhuu. Foto: Emanuelle Rebelo
Está disponível nas plataformas de streaming o terceiro disco da banda Gallo Azhuu. “Treva” é todo cantado em português. As nove faixas do álbum são puro stoner rock, espécie de cruzamento de doom metal e acid rock; para simplificar, rock/metal baseado nos riffs, algo na linha do Black Sabbath. Na capa, um rosto arroxeado em pose de calmaria, como se...