Para Eucanaã Ferraz, Clarice pintou para organizar o caos

Eucanaã Ferraz, curador da megaexposição Constelação Clarice, que se abrirá neste sábado, 23, no Instituto Moreira Salles (IMS), na Avenida Paulista, considera que as pinturas da escritora Clarice Lispector que compõem a mostra (18 telas, das 22 que ela pintou) expressam uma vontade de Clarice de “organizar o caos em linguagem”. A exposição tem dois curadores, ambos escritores: a...

Um certo Volta Seca

"Cantigas de Lampeão" (1957), de Volta Seca
Até o advento do álbum Chega de Saudade, de João Gilberto, em 1959, o nicho dos discos brasileiros de longa duração foi dominado por artistas veteranos que não sabiam exatamente o que fazer com o novo formato instalado aos poucos a partir do início daquela década. Foi um período de LPs inaugurais de artistas oriundos da era do rádio, que não...

Uma pintora chamada Clarice

"Pintei um quadro que uma amiga me aconselhou a não olhar porque me faria mal", contou a escritora Clarice Lispector (1920-1977). "Concordei. Porque neste quadro que se chama Medo eu conseguira por para fora de mim, quem sabe se magicamente, todo o medo e pânico de um ser no mundo". Datado de 16 de maio de 1975, Medo é uma das 18...

Seria possível uma MPB sem preconceitos?

Ney Matogrosso nos anos 1970
Ao tomar para si a missão de reconstituir toda a história da música popular brasileira, o jornalista e pesquisador musical carioca Rodrigo Faour meteu-se, inevitavelmente, num grande labirinto, que ele começa a trazer a público com o primeiro volume de História da Música Popular Brasileira sem Preconceitos, sob o subtítulo Dos Primórdios, em 1500, aos Explosivos Anos 1970, em nada menos que 574 páginas. Esmiuçar tudo que...

Morre brasileira que cantou com os Beatles

Morreu hoje no Rio de Janeiro, aos 70 anos, a escritora, editora, cantora e fotógrafa carioca Elizabeth Villas-Boas Bravo, a Lizzie Bravo. Sua morte foi confirmada por sua filha, a cantora Marya, no Facebook. "And in the end, the love you take is equal to the love you make. Te amo mãe RIP", escreveu Marya. A citação em inglês...

Elizeth, Maysa, Dolores

Maysa, "Convite para Ouvir Maysa Nº 2" (1958)
Maysa, Convite para Ouvir Maysa Nº 2, RGE, 1958 1. "Meu Mundo Caiu" (Maysa Matarazzo) 2. "No Meio da Noite" (Aloysio Figueiredo-J.M. da Costa) 3. "Bronzes e Cristais" (Alcyr Pires Vermelho-Nazareno de Brito) 4. "Por Causa de Você" (Antonio Carlos Jobim-Dolores Duran) 5. "Bom-Dia, Tristeza" (Adoniran Barbosa-Vinicius de Moraes) 6. "Felicidade Infeliz" (Maysa Matarazzo) 7. "Bouquet de Izabel" (Sérgio Ricardo) 8. "Mundo Novo" (Maysa Matarazzo) 9. "E a Chuva...

Quem tem medo de Leny Eversong?

Muito pouco restou da memória da paulista Leny Eversong no imaginário musical brasileiro. As hipóteses são muitas e não se auto-excluem, mas a justificativa mais comum para seu sumiço é de que não cantava música brasileira, e sim gringa. É verdade, Leny fez mais sucesso nos Estados Unidos e em sucessivas turnês internacionais do que no país de origem. Mas A...

Um outro São Paulo com Cascatinha e Inhana

Mais um disco de 10 polegadas no formato coletânea, lá do início da era dos LPs: Cantando pra Você, de 1955, por Cascatinha e Inhana. Os mestiços de pele indígena Cascatinha e Inhana, a harpa paraguaia/guarani, o castelhano misturado com português, os temas fronteiriços, os vocais maravilhosos de Inhana, a lindeza total da guarânia “Índia”… [youtube https://www.youtube.com/watch?v=Gvb_YcneRuU] Trecho do Álbum 1: “Embora...

Dorival Caymmi x Luiz Gonzaga

No início, predominou o formato de 10 polegadas, um pouco menor, em que cabiam geralmente oito músicas. O Nordeste falou alto nesses primeiros anos de transição dos compactos com apenas duas canções para os bolachões de 12 ou 14. Em 1954, o baiano Dorival Caymmi lançou Canções Praieiras, um dos primeiros álbuns conceituais da história do Brasil. [youtube https://www.youtube.com/watch?v=oOHlyDt3TnM] Começando pelas inéditas...

Era uma vez o Trio Surdina

O primeiro LP de 10 polegadas que aparece no Álbum 1 é Trio Surdina Interpreta Noel Rosa e Dorival Caymmi (1953), de que hoje só os ratos de sebos e de mp3 tomam conhecimento. A formação originalíssima somava Garoto ao violão, Fafá Lemos ao violino e Chiquinho do Acordeon. [youtube https://www.youtube.com/watch?v=sHnghfb_jE0] Os estudiosos gostam especialmente de “O Relógio da Vovó” (de...