Músicas para protestar em casa

Novos Baianos, Jorge Ben (foto), Mula Manca & A Fabulosa Figura, Jackson do Pandeiro, Daniela Mercury, Academia da Berlinda e um punhado de bambas, para quem não quer ir à rua.   Praia e sol, Maracanã, futebol. Copa das Confederações. Sol, chuva, casamento de viúva. Inverno brasileiro. Cabelo ao vento, gente jovem reunida. Protesto, pra que protesto, se ela não me...

A ciranda infinita de Lia de Itamaracá

Lia de Itamaracá
Patrimônio cultural pernambucano e brasileiro, a cirandeira Lia de Itamaracá está de volta, aos 75 anos, com o CD Ciranda sem Fim, incrementado por produção eletrônica/manguebit de DJ Dolores e Ana Garcia. "Eu amo a falta/ de silêncio/ do mar/ Odoyá/ na maré cheia/ eu canto/ pra levantar/ na maré seca/ eu deito/ Odoyá", começa a faixa "Falta de Silêncio". Trata-se de um canto de trabalho...

Ninguém entende um punk?

Para acompanhar as passeatas da semana, um guia de vocabulário (por vezes datado) do punk rock brasileiro dos anos 1980, com Mercenárias (foto), Cólera, Inocentes e outros.   Hoje é dia de São Paulo ir às ruas de novo - e desta vez, pelo que leva a crer o burburinho nas redes sociais, gregos & troianos terão de se aturar reciprocamente,...

Belchior: ano passado eu não morro

Lançado em 2004, meu livro Como Dois e Dois São Cinco - Roberto Carlos (& Erasmo & Wanderléa) (Boitempo) anda tão desaparecido como andou Belchior nos últimos anos de uma GRANDE vida. Em homenagem à morte do GRANDE artista e pensador cearense em momento histórico tão eloquente, resgato aqui (*) (com alguns reparos e penduricalhos) o capítulo devotado ao GRANDE homem no livro protagonizado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Wanderléa etc. Viva BELCHIOR.   Não quero lhe...

A história da alimentação do brasileiro

História da Alimentação no Brasil
A série documental História da Alimentação no Brasil, da Amazon, é, com o merecido trocadilho, um deleite para o espectador. Em 13 episódios, o programa traça uma jornada pelos principais ingredientes que vão à mesa do brasileiro. Com visita a dezenas de cidades dos Estados (Bahia, Pará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro,...

Claudette Soares, a ovelha loira da bossa

Claudette Soares
A voz aveludada da cantora carioca Claudette Soares completa 82 anos (e 72 de carreira) e emoldura uma história plena de sobressaltos. "Princesinha do baião" quando iniciante, nas asas da moda lançada por Luiz Gonzaga, ela começou a gravar em 1954, viu a bossa nova surgir em 1958 e adaptou-se à novidade. Para estrear em LP, demorou tanto quanto a colega mais...

Por Favor, Sucesso!

(De São Paulo, Goiânia e Brasília – menos de Porto Alegre) A mais de três mil léguas submarinas, o telefone ringe: de Brasília, capital federal, a ligação soa em algum endereço incerto de Tapes, bucólico recanto irrigado pela Lagoa dos Patos. Peço por Marco Antônio Figueiredo, vulgo “Fughetti Luz”. Trata-se do pioneiro homem, que, pode-se pontificar, desferiu para...

Adeus a Brennand

Morre no Recife aos 92 anos Francisco Brennand,
O Recife será alguma cidade submersa e os escafandristas tentarão decifrar os vestígios de estranha civilização que floresceu no bairro da Várzea, no jardim de esculturas de Francisco Brennand, e sua conclusão talvez seja inevitável: ali viveu um fabricante de sonhos, um funileiro do fabuloso, um engenheiro do delírio. Os totens, as esculturas e os brasões espalhados pela Oficina Cerâmica...

Quem tem medo de Leny Eversong?

Muito pouco restou da memória da paulista Leny Eversong no imaginário musical brasileiro. As hipóteses são muitas e não se auto-excluem, mas a justificativa mais comum para seu sumiço é de que não cantava música brasileira, e sim gringa. É verdade, Leny fez mais sucesso nos Estados Unidos e em sucessivas turnês internacionais do que no país de origem. Mas A...

Tik-tak, e os tempos vão mudando devagar

Os rappers Criolo e Emicida se unem em gravação hi-tech de DVD em show no Espaço das Américas e recebem a inédita adesão musical de Mano Brown (foto Ênio César - divulgação).   Parece que um vilão de bangue-bangue norte-americano entrou no recinto. O rosto escondido pelo lenço vermelho explode no telão do Espaço das Américas: quem é esse sujeito musculoso...