Em uma saraivada de tweets, um resumo de como a praça Roosevelt se coloriu por causa do festival #ExisteAMORemSP, no domingo histórico paulistano do dia 20 de outubro de 2012.    

 

O festival instantâneo #ExisteAMORemSP pintou de colorido a praça Roosevelt (ou praça Rosa, segundo a lógica do rebatismo e da reocupação) neste domingo, 20 de outubro de 2012.

À parte o empenho do movimento Fora do Eixo e de um número representativo de agentes culturais atuantes na cidade de São Paulo, o ato pintou com pinta de auto-organizado e autogerido. Uma multidão provavelmente nunca vista na história desta sofrida praça se reuniu pacífica e amorosamente para ver e ouvir e aplaudir Andreia Dias, Thiago Pethit, Lurdez da Luz, Gaby Amarantos, Emicida, Criolo e outros artistas, e outros agentes, e outros espectadores.

Era muita gente, muito celular, muito pouca operadora para dar conta de tudo. Cheguei ao mar (ou melhor, rio) de gente disposto a twittar, a fazer a já habitual cobertura instantânea – tosca, apressada, rápida, descuidada, VIVA – via redes sociais. O excesso de gente e a falta de ClaroOiTimVivo me sabotaram. Os tweets iam saindo do cérebro, pipocando no espaço sideral e voltando para a caixa de torpedos não-enviados.

Sem querer (ou poder) esmiuçar agora o evento contundente que testemunhamos – ou melhor, que fizemos -, opto por aderir ao improviso, ao amadorismo (especialmente fotográfico) e ao (doce) esculacho para deixar registrado aqui neste FAROFAFÁ (que, fora-do-eixo pela própria natureza, se sente um titico pai-e-mãe de tudo de bonito que temos vivido) o calor da hora que não coube no calor da hora.

Vão aí, juntas, mensagens e fotos que conseguiram romper a barreira virtual do cybercéu, misturadas com as que ficaram encalhadas nas gavetas. Juntas e misturadas, é tudo que nós somos neste histórico 20 de outubro de 2012. Se a Globo não passou e o JB não fez a crítica é porque a Globo e o JB são ruins da cabeça, ou doentes do pé, ou foram destronado pela – nós – mídia fora-do-eixo.

@pdralex Cheguei com Vila Sésamo na picape! o/

@pdralex Estão chegando as flores.

 

@pdralex Multidãozaça. Perdeu a única obra que cê inaugurou em 2012, @gilbertokassab_!

@pdralex Edgard Scandurra.

@pdralex Gay aqui. E a nave de aparelhagem também. o/

@pdralex Gaby. Pronta pra ir pro palco.

@pdralex Gaby toda rosa.

@pdralex Cláudio Prado. Na nave-mãe.

@pdralex <3 Gaby Amarantos, Andreia Dias <3

@pdralex Gaby treme a Roosevelt. Todo mundo canta “Shirley”. o/

@pdralex E isto é o que a ex Ana de Hollanda chama “inocência útil“.

@pdralex Tema de Cheias de Charme – qual amor não valia nem um e noventa e nove?

@pdralex Gaby pede chuva! Com essa indianidade toda, não duvido… 3-)

@pdralex “A periferia está aqui”, Claudio Prado.

@pdralex Karina Buhr e Edgard Scandurra no palco.

@pdralex Surrealidades: Guarda Civil Metropolitana reclama que tem gente tirando a roupa. E a internet não funciona.

@pdralex Batida rap pra hora que tá entardecendo. Agora o bicho pega.

@pdralex Emicida, preocupado? Esperando pra entrar.

@pdralex Jacira, mãe de Emicida, espera o filho entrar.

@pdralex A ROOSEVELT É DO RAP!

@pdralex O rap retoma o centro!

@pdralex As putas da rua Augusta retomam a Roosevelt, na música do Emicida. <3

@pdralex O gerador apaga no meio de “Rua Augusta”. Nem sabemos se foi o Kassab que derrubou o som. Mas o execrado é ele.

@pdralex Emicida: “Aí cê chega na praça Roosevelt e vê sei lá quantos mil maloqueiros. Aí cê fala: EU AMO VOCÊS, SEUS FILHODAPUTA!”.

@pdralex Emicida romântico, “A Cada Vento”, aaaaaaaaah!

@pdralex Acendem-se os postes (da Roosevelt)! 3-)

@pdralex Emicida: “Tem maloqueiro aí? Tem favelado aí?”. TEM!!!!

@pdralex “A cidade é nossa, a cidade não é deles. A cidade é de quem gosta dela”, Emicida. o/

@pdralex Criolo.

@pdralex Gaby pede chuva, Criolo chove.

@pdralex Proteção antichuva colaborativa.

@pdralex Nabil Bonduki, vereador eleito pelo PT, ajuda a segurar a lona pra não estragar o show do Criolo.

@pdralex “Sucrilhos”.

@pdralex “Sou indio cafuzo crioulo brasileiro“, cantado pela praça Roosevelt em uníssono. Nasce outra São Paulo.

@pdralex Show de ágora, 360 graus.

@pdralex “É o coletivo que faz a mudança, não é uma pessoa só”, Criolo.

@pdralex “Vamos fazer uma parada só, pro Jornal Nacional não ter nada pra falar.”

@pdralex Não subestime mais a força dos fora-do-eixo, mano.

@pdralex “Tanta gente com discurso vazio, eu trago pai e mãe”, diz Criolo, ao lado de pai e de mãe. Emicida também trouxe dona Jacira.

@pdralex “Pegar esta cidade hipócrita, suja, e inundar de amor. Só tem repressão o ano inteiro, e os caras querem que a gente fique dando risada pra eles.”

@pdralex E vem a crítica de Criolo a “Cálice”. A praça cala-se.

@pdralex “A repressão continua, meu amigo Chico.”

@pdralex Mas a quebrada hoje é aqui. E não vai correr sangue, Juliana, João e José.

@pdralex Nuvem rosa.

@pdralex “Isto aqui está muito mais representativo que todas as Viradas Culturais”, Daniel Ganjaman.

@pdralex Onde é aquele festival pago cheio de bandas gringas? Hoje o planeta Terra é aqui – e e de graça.

@pdralex “Linha de Frente”:  Pagode da 27 em pique de Clara Nunes. <3

@pdralex Eu escrevia e os tweets não iam (multidão conectada demais) – deve ter uns 50 encalhados aqui, o que eu faço? (p.s.: obrigado, @MaryASL, pela sugestão.)

@pdralex Ouvi dizer que políticos do PT rodeiam a praça de carro, atônitos de saber que foi tudo espontâneo, via redes. 3-)

@pdralex E algo me dizke o José Serra hoje deve estar fazendo campanha no Grajaú, ou no Capão…

@pdralex Ta todo mundo tão apeertado que não dá nem pra buscar cerveja, hihihi. Não existe álcool – e confusão – em SP.

@pdralex Criolo tem o corpo solto.

@pdralex “É um milagre estar vivo na cidade de São Paul0.”

@pdralex “Só o fato de estar vivo na cidade de São Paulo é motivo pra você comemorar.”

@pdralex  “VAMO PRA CASA EM PAZ, MANO, NÃO DÁ MOTIVO!”, Criolo.

@pdralex “Ocupar não só a Roosevelt, mas todas as praças”, Bruno Torturra.

@pdralex A região atrás do palco, que costuma ser “vip”, era acessível a todos hoje. Era “invadida” várias vezes pela galera.

@pdralex Criolo saiu do palco, veio pra trás (me deu um abraço afetuoso, hehehe, obrigado, @criolomc) e foi ficando. Tá aí ainda.

@pdralex Primeiro show ao ar livre que assisto que o público vai embora e o “astro principal” fica, tranquilão, acessível paratodos. Novos tempos? @criolomc

@pdralex E você não acredita no que tá acontecendo agora. Galera tá AJUDANDO A JUNTAR O LIXO (muito lixo). Existe amor em SP.

@pdralex Sensação de pertencimento. Forte.

@pdralex O que um evento como este diz sobre uma cidade como esta, inclusive para Fernando Haddad? Que a cidade sabe se autogerir. Se receber os estímulos que merece.

@pdralex & um passarinho verde-e-amarelo me diz que isto é só o começo. 3-)))

@pdralex Um simples palquinho.

@pdralex Aparelhagem. Viva o Pará.

@pdralex O Criolo AINDA tá aqui, atendendo os fãs, um por um.

@pdralex Final: tempestade em SP. Pra lavar corpos & almas.

@pdralex Se você não ler nos jornais de amanhã o que aconteceu aqui hoje não é porque não aconteceu. É que não há mais jornais em SP.

@pdralex Fiquem com suas campanhas de ódio, srs. jornais, sras. TVs. Elas não funcionam mais.

@pdralex A @folha_com minimiza o #ExisteAMORemSP e destaca Silas Malafaia. E diz que fundamentalistas são as igrejas. Sensibilidade social ZERO.

@pdralex 2.000 pessoas, diz a @folha_com. O mesmo número de votos que o PT vai ter no segundo turno, no que depender dos sonhos-delírios dos velhoCONS.

 

 

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Linda cobertura, Pedro. Aqui de longe, eu só conseguia me emocionar com tudo isso e pensar que sim, finalmente, tem algo mudando nesse país.
    Comecei a acompanhar ontem no começo da tarde, ia só dar uma olhada porque preciso terminar o TCC, mas fui até as 20h encantada, com lágrimas nos olhos.
    Fiquei nem com peso na consciência por ter deixado o trabalho de lado. Pelo contrário, pensei muito nisso tudo e sigo renovada, acreditando nessa transformação!

  2. Na boa, Pedro, as internets estavam todas funcionando muito bem em toda a região. Num cola isso, e não precisa de tanto cinismo tbm. Eu não curti essa manifestação e não fui. Pronto.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome