terça-feira, fevereiro 25, 2020

A Folha publica opiniões divergentes…

Estava eu no cinema neste sábado, assistindo ao lindo filme Yorimatã, do moço fluminense Rafael Saar, sobre as espetaculares compositoras Luhli & Lucina (foto abaixo), mulheres-segredo guardadas na fabulosa caixa de Pandora chama música popular brasileira. (Caso as palavras acima lhe provoquem curiosidade, escrevi sobre Luhli & Lucina na revista Trip, em 2011.) Yorimatã está na programação da famigerada Mostra paulistana, patrocinada entre outros pel  jornal...

A era de Aquarius

ELA está morando sozinha num condomínio um pouco histórico, um pouco deteriorado, chamado Aquarius. Um empreendedor imobiliário voraz sonha em destruir o velho condomínio com vista para o mar do Recife à base de dinamite, de machadadas, mas sabe que no mundo moderno o uso da força bruta nem sempre pega bem. ELA é o empecilho que atravanca o progresso da...

Virada, pedalada, Vielada

O dia 28 de junho de 2015 matou o dia 15 de março de 2015 na cidade de São Paulo. Obviamente, é temerário decretar a morte de algo ou alguém, em especial se esse algo ou alguém ainda apresenta sinais vitais. Mas é evidente que o domingo ensolarado em que as bicicletas e os seres humanos tomaram posse da...

Fora Temer volta Belchior

1. Jotabê "Para mim, a beleza é um subproduto da arte", disse o compositor e cantor cearense Belchior em 1976, no auge da fama e do prestígio devidos ao acolhimento das canções "Como Nossos Pais" e "Velha Roupa Colorida" por Elis Regina e ao álbum próprio Alucinação. Antes de qualquer coisa, é preciso dizer que é sobre este artista que estamos falando, a propósito da edição...

Vocês já estão mortos (*)

Esta narrativa se desenrola integralmente em elipses temporais femininas do terceiro milênio brasileiro. São peças de um quebra-cabeça, cenas de um filme nada fictício, que se encontram e se desencontram em encaixes nem sempre evidentes. Vejamos. 1º de janeiro de 2011. Numa minúscula água-furtada que se debruça sobre o elegante centro histórico de Paris (o Marais, bairro das gay e...

A voz do morto sussurra

Não sabemos bem qual é, mas deve haver um fio narrativo unindo as obras do cineasta carioca Eduardo Ades, que coloca em cartaz agora seu segundo documentário em longa-metragem, Torquato Neto - Todas as Horas do Fim, dirigido em dupla com o produtor musical também carioca Marcus Fernando. O primeiro filme foi Crônica da Demolição (2015), sobre a ascensão e queda do mitológico Palácio...

Estados Unidos do Mato Grosso

Era uma vez o Mato Grosso, que a ditadura dos Estados Unidos do Brazil decidiu fatiar em duas metades, instituindo, em 1º de janeiro de 1979, o estado do Mato Grosso do Sul. Na parte sulista dos Matos Grossos desembarquei em 27 de julho de 2017, para participar como observador convidado do 18º Festival de Inverno de Bonito, evento multicultural sediado numa estância...

Aldir Blanc em estado de exceção

Aldir Blanc não é um contemporizador. Aos 71 anos, rema contra a maré contemporizadora da maioria de seus pares e faz as honras de compositor de peças colossais da música brasileira como "O Mestre-Sala dos Mares" (1974), "De Frente pro Crime", "Corsário" (1975), "O Rancho da Goiabada" (1976),  "Tiro de Misericórdia" (1977), "Querelas do Brasil" (1978), "O Bêbado e...

Dilma Vana Rousseff, mãe

Presidenta da República não é mãe. Se quer ser mãe, mulher tem que ser bela, recatada e do lar (e Amélia é que era mulher de verdade). Se é bela, recatada, do lar e mãe, mulher não deve trabalhar fora, quanto menos na pilotagem da presidência da República. Por silogismo, se é mãe mulher não pode ser presidenta. Tampouco presidenta...

O barco pirata aporta em Paraty

O editor Cauê Ameni foi um dos idealizadores da primeira edição da Flipei - Festa Literária Pirata das Editoras Independentes. Uma de dezenas de iniciativas paralelas à edição 2018 da Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), a Flipei causou algum ruído na cidade colonial litorânea fluminense, por concentrar ao redor do barco ancorado à margem do rio Perequê-Açu um ideário e...