segunda-feira, novembro 18, 2019

Concha Buika, a diva de Almodóvar, em novo disco

Em seu novo disco, 'Vivir sin Miedo', Concha Buika traz uma canção dedicada a São Paulo e ao Rio de Janeiro. Confira sua entrevista para Jotabê Medeiros Diva de Pedro Almodóvar, a cantora Concha Buika está de volta com um disco novo, "Vivir sin Miedo" (lançamento Warner Music Brasil). Ela esteve no Brasil no ano passado (tomamos um café em...

Casa Grande & Senzala é pop

"Sabíamos que não seria a toda hora que teríamos chances como essa, então atacamos a música de David Bowie como um exército a invadir o território inimigo." A frase é do alquimista black-jazz-funk-disco-pop Nile Rodgers, 63 anos, na autobiografia Le Freak, escrita por ele há meia década e publicada neste ano no Brasil. "Era um cerco", ele prossegue. "Depois de anos sendo impedidos...

E agora, José?

Nome mais cintilante da nova geração de cantores de jazz, José James revela que Michael Jackson e Prince foram decisivamente influentes em sua música; ele chega a Mangaratiba e São Paulo no fim do mês e falou com exclusividade para Jotabê Medeiros Cantores masculinos novos de jazz você pode contar nos dedos de uma única mão. Mas, no indicador, certamente...

Bourbon Street Fest: a surpresa dos Lost Bayou Ramblers

Bela surpresa (para mim que não conhecia) o show ontem dos Lost Bayou Ramblers, no Bourbon Street Fest. Eles tocam essencialmente cajun music, a música dos pântanos da Louisiana, que é de onde eles vêm (são de Broussard e Arnaudville, duas cidades nos alagados). Eles, entretanto, vão adiante da música tradicional e colocam um tempero de guitarra e bateria de punk...

Um manifesto de generosidade de Guizado

Como se Coltrane chapado e Don Cherry virado entrassem por engano no Clash Club e invadissem um show de uns garotos eletrônicos locais barbudinhos. Era o trompetista Guizado lançando seu disco "O Voo do Dragão", independente, na sexta-feira à noite (15), no Itaú Cultural. Noite de cachecóis e echarpes na Avenida Paulista. Ele tinha como convidado o sax tenor de...

B.B. King: ninguém que viveu 89 anos foi uma pessoa só

Em 1986, fui enviado pela “Folha de Londrina” para cobrir o primeiro show internacional da minha vida, a 389 quilômetros dali, em Curitiba, no Teatro Guaíra. Era o bluesman B.B. King. Peguei o busão de noite e de manhã estava na capital do Paraná. Eu tremia como vara verde: não falava inglês e não tinha dinheiro para o almoço. Haveria uma coletiva de...

A melhor loja de discos do planeta

O jornalista Jotabê Medeiros encontrou o playground de qualquer fã da música e ele tem nome: Louisiana Music Factory Na primeira vez em que fui lá ainda ficava no velho casarão de madeira de dois pavimentos, o de cima somente para vinil. Era uma portinha na frente do House of Blues, na Decatur Street. Comprei um vinil novo do Jeff Buckley,...

Cheek to cheek: Gaga e Bennet juntos no palco

No Jazz Fest, em New Orleans, rolou o encontro do 'maior cantor do mundo' com 'a maior artista pop do mundo'. Jotabê Medeiros conta como foi Hora de esquecer o gagaísmo e saudar o gagazz. Lady Gaga agora tornou-se uma crooner de jazz, embora sua habilidade pop siga intacta em sua performance. Ela canta bem, e mesmo sem estofo para se...

The Who, a maior turnê da ‘atualidade’ que nunca veio ao Brasil

Jotabê Medeiros, enviado especial a New Orleans, conta como foi o show dos 50 anos de carreira da banda inglesa que trouxe novos patamares de ambição artística para o rock "Shit happens", disse Roger Daltrey ao descobrir que tinha de cantar "The Kids are Alright", e que Pete Townshend tinha trocado a ordem das músicas. Com o espírito irônico intacto, Daltrey...

Wilco, da tempestade à bonança no JazzFest

Show que corria como uma boa pilsen teve de ser interrompido por causa do mau tempo, que logo passou, relata o enviado especial a New Orleans, Jotabê Medeiros Jeff Tweedy apareceu mais gordinho, menos carrancudo e mais curtido em rock`n`roll. A banda Wilco, que se tornou em duas décadas uma das expressões do custo e das delicias da independência, ressurgiu...