Primeiro longa do francês Edouard Bergeon disponível em streaming no Brasil

Rufus e Guillaume Canet em cena de "Em nome da terra". Reprodução
O imaginário popular consagrou paisagens rurais como pacatos, lugares de melancolia e bucolismo. “Em nome da terra”, do cineasta francês Edouard Bergeon, é, ao mesmo tempo delicado, comovente e brutal. Baseado em uma história real, como o espectador é advertido de cara, o filme conta a história de Pierre Jarjeau (Guillaume Canet), que tem uma relação conflituosa com o pai...

O amor projetado

Benjamin Voisin, Philippine Velge e Félix Lefebvre em cena de "Verão de 85". Reprodução
Beleza é uma palavra chave para definir “Verão de 85”, novo filme do diretor francês François Ozon, que estreia nas salas de cinema brasileiras nesta quinta-feira (3). Seja a deslumbrante paisagem praieira que serve de locação, ou os atores – mais que rostos e corpos bonitos –, a trilha sonora, de The Cure a Rod Stewart, ou a história...

As putativistas da Rua Guaicurus, em Belo Horizonte

"Rua Guaicurus" (2019)
“Bucetinha Black Friday, tá na promoção”, anuncia uma voz indistinta, nebulosa como a imagem do corredor precária e vermelhamente iluminado de um dos hotéis da Guaicurus, rua do hipercentro de Belo Horizonte, Minas Gerais. Este nome tupinambamente brasileiro, que remete à pessoa sarnenta, encaroçada, de pele e índole suja, carrega a mesma repelência das mulheres estigmatizadas que labutam no local....

O país das maravilhas e a terra do nunca no mesmo quintal

Jordan A. Nash e David Oyelowo em cena de "Alice e Peter". Foto: divulgação
Ao redor do mundo inteiro rara será a infância que não tenha se encontrado, desde suas publicações, com os clássicos “Alice no país das maravilhas”, de Lewis Carroll, e “Peter e Wendy”, de J. M. Barrie, onde surge o personagem Peter Pan, publicadas respectivamente na segunda metade do século XIX e na primeira do século XX. “Alice e Peter: onde...

Realidade e ficção, brutalidade e delicadeza de mãos dadas

O cantor camaronês Yamaya Mohamed em frente ao cinema. Foto: Loiro Cunha
Antíteses e contradições, num perfeito retrato da realidade brasileira, que equilibra o orgulho por símbolos nacionais – como o samba, o futebol e o carnaval – à brutal desigualdade social. Esta inequação percorre os 76 minutos de “Cine Marrocos”, em que o premiado diretor Ricardo Calil (“Uma noite em 67”, “Narciso em férias”) usa o cinema para fundir realidade...

“Mães de verdade” aborda as diferentes maternidades

Longa "Mães de verdade"
O longa Mães de verdade, de Naomi Kawase, que estreia nos cinemas, trata de temas sensíveis como a adoção e a gravidez na adolescência. Faz isso opondo as histórias de duas mulheres, Satoko (Hiromi Nagasaku) e Hikari Katakura (Aju Makita), a primeira como mãe adotiva de Asato (Reo Sato) e a segunda a mãe biológica do menino. O que...

Eliane Scardovelli aborda a água derramada dos casamentos

"A Vida Que Eu Sonhava Ter", de Eliane Scardovelli
Em certa medida, o curta-documentário A Vida Que Eu Sonhava Ter (2021), de Eliane Scardovelli, lembra o matricial filme de Helena Solberg, A Entrevista (1966). As duas obras são elaboradas a partir dos depoimentos de mulheres que refletem sobre os devires da feminilidade, acompanhados, visualmente, da reconstituição de um cotidiano encenado – no primeiro caso, pela própria diretora, no...

Minari, a obra do recomeço

A grande América, os grandes planos, e ainda assim nem sempre o grandioso se torna real. Minari, que concorreu a Melhor Filme do Oscar, é uma história sobre recomeços, alguns deles longe de serem bem-sucedidos. Escrito e dirigido pelo sul-coreano Lee Isaac Chung (foi indicado para Melhor Diretor e Roteiro Original), o longa-metragem mostra a jornada de uma família...

Tinha um burro no meio do caminho

Minhas férias com Patrick. Foto: Julien Panié/ Divulgação
O livro “The strange case of Dr. Jekyll and Mr. Hyde” (“O médico e o monstro”), de Robert Louis Stevenson, é uma das obras mais relidas, sobretudo no universo dos desenhos animados: quem não se lembra de episódios do Pica-Pau ou Scooby-Doo, entre muitos outros, com o personagem de múltiplas personalidades? A obra foi publicada em 1886, mas 10 anos...

Vidas negras importam em “Uma Canção para Latasha”

"Uma Canção para Latasha"
Após o anúncio dos filmes indicados à 93ª edição dos Academy Awards, em 15 de março, a imprensa especializada celebrou os ecos de lutas emancipatórias nas produções elegidas para premiação, principalmente na categoria de Melhor Filme. Bela Vingança (Emerald Fennell, 2020), por exemplo, foi encarada como uma catarse para os arroubos do #MeToo. Já Os 7 de Chicago (Aaron...