Cena de 'Minx', série da HBO Max
Cena de Minx, série da HBO Max - Foto: Divulgação

Estreou na quinta-feira, 17 de março, a série de comédia Minx: Uma Para Elas no streaming HBO Max. Foram disponibilizados os dois primeiros episódios, com 35 e 29 minutos, respectivamente. A curta duração faz a narrativa acontecer de forma rápida, bem diferente do ritmo arrastado da impactante Euphoria, outra série da plataforma. 

Na trama de Minx, a jovem Joyce (Ophelia Lovibond) deseja criar a revista O Despertar do Matriarcado com reportagens revolucionárias focadas no feminismo. O ano é 1971, auge da segunda onda do feminismo no mundo ocidental. O primeiro problema que ela enfrenta é a falta de apoio, visto que o mercado editorial é comandado por homens. Até que ela encontra Doug (Jake Johnson), empresário de revistas eróticas para o público masculino, que acredita em sua ideia. O que ele propõe é a inclusão de fotografias de homens nus na publicação. Relutante de início, Joyce aceita a proposta para conseguir concretizar o seu projeto. 

Esse é um dos primeiros clichês de Minx: a necessidade de um homem para que as ideias de uma mulher sejam validadas e realizadas. O roteiro escrito por Ellen Rapoport, que é também criadora da série, possui personagens e conflitos que já “apareceram” em outras produções audiovisuais. Ainda assim, a história encontra equilíbrio para fazer piadas (inclusive dos próprios clichês), apresentar discussões políticas e abordar a revolução sexual das mulheres.  

O figurino, a trilha sonora e a ambientação em Los Angeles, Estados Unidos, da década de 1970 formam uma composição nostálgica quase romântica. Tais componentes trazem leveza para momentos que destacam pautas feministas, como a descoberta do próprio prazer feminino e a luta contra a hiperssexualização das mulheres. A sutileza também é uma artimanha de Minx para tratar do nu frontal masculino – só no primeiro episódio, aparecem mais de 30 pênis –, tema que ainda é tabu nos roteiros de Hollywood, mas que a HBO Max tenta normalizar cada vez mais. 

Minx é uma produção para elas e para eles. Veio para incomodar sem escandalizar. Serão dez episódios no total, lançados em duplas todas as quintas-feiras até o dia 14 de abril. Resta saber se até o final da temporada o ritmo rápido da narrativa vai dar conta de amarrar e revolucionar tantos clichês. 

* Resenha produzida para o Centro de Estudos Latino Americanos sobre Cultura e Comunicação da Universidade de São Paulo (Celacc-USP)

Minx. De Ellen Rapoport. Na HBO Max.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome