Foto: divulgação
Foto: divulgação

O fã (ou o internauta comum) que acessar o site oficial da Krisiun encontrará em sua primeira página nada menos que 32 datas da banda em uma turnê europeia, nos próximos meses de março e abril, que inclui cidades como Berlim, Budapeste, Viena, Paris e Londres, entre outras.

Nesta sexta-feira (17), às 21h, “a maior banda de death metal do mundo”, como apregoa o material de divulgação, se apresenta em São Luís/MA, na Fanzine (Praça Manoel Beckman, Avenida Beira-Mar). Os ingressos, à venda no local e na CDRock, custam R$ 60,00.

A banda, surgida em Ijuí/RS em 1990, é formada por Alex Camargo (voz e baixo), Max Kolesne (bateria) e Moisés Kolesne (guitarra), e goza de prestígio internacional, como a citada turnê atesta. Em ocasiões anteriores a banda chegou a fazer 30 shows por mês na Europa e nos Estados Unidos e a realizar sonhos de tocar com ídolos, como os americanos da Morbid Angel, pioneira do death metal. Ou receber, no backstage, os cumprimentos do guitarrista Slayer.

O nome da banda deriva de um mar lunar denominado Mare Crisium. Sua trajetória é marcada por sucessos como “Black Force Domain”, “Conquers of Armageddon” e “Southern Storm”.

Scourge of the enthroned. Capa. Reprodução
Scourge of the enthroned. Capa. Reprodução

Seu disco mais recente, “Scourge of the enthroned”, o 11º. da carreira, foi lançado em 2018, pelo Century Media Records. O álbum tem produção da banda e de Andy Classen, músico, produtor e engenheiro de som alemão, e foi gravado no Stage One Studio, em Bühne, na Alemanha. A capa é do também alemão Eliran Kantor, uma espécie de Elifas Andreato do metal. O desenho é inspirado na mitologia suméria e mostra três deuses antigos.

O show na Fanzine celebra os três anos da casa e terá abertura com as bandas Glock Adventure e Savagez.

*

Ouça “Scourge of the enthroned”:

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome