terça-feira, maio 24, 2022

Criolo, Mundo Livre S/A, o osso e a medula

Criolo com os pais no clipe de "Cleane"
Professora de artes no bairro paulistano do Grajaú e mãe de um filho de 12 anos, Cleane Gomes virou estatística ao tornar-se aos 39 anos, em 5 de junho passado, mais uma das incontáveis vítimas fatais brasileiras da covid-19. Seu irmão mais velho, Kleber Cavalcante Gomes, de 46 anos, homenageia Cleane agora na forma de um rap furioso que ficará marcado como...

Mano Brown conversa com Lula

Na foto, Mano Brown, do programa Mano a Mano, ao lado de Lula e Chico Buarque
Mano Brown se propôs a fazer um podcast pelo Spotify para entrevistar personagens "amados ou odiados". No primeiro programa, que estreou em 26 de agosto, entrevistou sua colega rapper Karol Conká, que foi "cancelada" depois de participar do reality show Big Brother Brasil. No segundo, levou Drauzio Varella, talvez odiado apenas por bolsonaristas que o veem como uma espécie...

Emicida: um homem preto

Emicida
Desde outubro de 2019, quando foi lançado o álbum AmarElo, Emicida tem priorizado, entre seus objetivos, refletir sobre o papel desempenhado pelo homem negro na sociedade brasileira. O assassinato sob as asas do Estado do menino João Pedro Matos Pinto, no dia 18 passado, torna mais aguda essa reflexão, no momento em que o rapper de 34 anos lança o primeiro de quatro episódios...

Djonga, Filipe Ret e Papatinho comandam o REP Festival

Os mais recentes acontecimentos do hip-hop se reúnem no sábado 18 na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, para a segunda edição do REP Festival, autoclassificado como o maior evento do gênero no Brasil. Os nomes de ponta da programação para 2020 são o mineiro Djonga e os cariocas BK, Filipe Ret e Papatinho. Outros nomes são o coletivo paulistano de trap Recayd Mob e o...

O hip-hop cai na dança com Rincon Sapiência

Capa do novo álbum de Rincon Sapiência
O rapper paulistano lança Mundo Manicongo, com sonoridades futuristas inspiradas na cultura africana Mundo Manicongo - Dramas, Danças e Afroreps, novo CD do rapper paulistano Rincon Sapiência, candidata-se ao título de álbum mais dançante da história do hip-hop nacional. É uma reviravolta em relação ao anterior Galanga Livre, que também tinha faixas vibrantes, mas se aproximava mais do discurso tradicional...

Zudizilla lidera a noite no Bona

Zudizilla
O rapper-revelação gaúcho Zudizilla é nome de frente da Noite Chama, no Bona, em São Paulo, dedicada a reunir nomes emergentes (e alguns veteranos) da cena independente brasileira. Zudizilla se apresentará com o rapper fluminense Thiago Elniño e a ativista do Movimento Sem Teto paulistano Preta Ferreira. Com programação a partir das 20h30 o minifestival traz ainda o grupo paulistano Corte, liderado pela sul-matogrossense Alzira E, com...

Emicida, o homem coletivo

Emicida, Majur e Pablo Vittar - foto Jeferson Delgado
No discurso mais importante do lançamento de AmarElo no Theatro Municipal de São Paulo, em 27 de novembro, em comemoração ao mês da consciência negra, Emicida evoca o líder indígena Ailton Krenak. Influenciado pelo mestre, fala das próprias fragilidades e do equacionamento delas como "homem coletivo", dono de "trajetória coletiva". Sua subida ao palco gigantesco do Municipal, diz, não é uma conquista individual, mas...

Rael celebra a fé no feminino em “Capim-Cidreira”

Rael
Capim-Cidreira, de Rael, chega disposto a louvar a figura feminina de A a Z. Neste quarto álbum cheio, o rap-canção levado nas ondas do reggae do rapper paulistano coloca força gravitacional na fé e no feminino, em todas as oito faixas (duas delas apresentadas em duas versões diferentes). "Bença Mãe" inicia a jornada celebrando ao mesmo tempo a figura materna e a...

Emicida visita a canção em “AmarElo”

Emicida - foto Júlia Rodrigues
O rap de Emicida tem se encaminhado lentamente na direção da canção, e AmarElo é, até aqui, o ponto culminante dessa trajetória. Bordado predominantemente na candura, AmarElo é um disco de raps-canções afetivos e afetuosos, que colocam Emicida e o hip-hop brasileiro num outro platô de observação das coisas da vida. [youtube https://www.youtube.com/watch?v=etRL3kv5jho] Vários são os temas idílicos do CD, e o maior deles talvez seja...

Começa o Mês da Consciência Negra em São Paulo

Linn da Quebrada no clipe "Oração"
Uma programação forte anuncia o Mês da Consciência Negra na Cidade de São Paulo. Entre os artistas que vão se apresentar ao longo de novembro, estão listados nomes como Jorge Ben Jor, Zezé Motta, Thaíde, Edi Rock, KL Jay, Negra Li, MV Bill, Emicida, Aláfia, Liniker e Os Caramelows, Tássia Reis, Drik Barbosa, Hiran e Majur. Um dos pontos de partida da celebração é o show de Linn da Quebrada no Centro Cultural São...