Elza Soares contra os homens

Os versos são de Vinicius de Moraes, o poetinha ex-diplomata que nunca chegou a ser o mais progressista dos brasileiros. A música é de Baden Powell, que no final da vida extirpou a palavra "saravá" de suas canções e substituiu os antigos cantos de candomblé pela religião evangélica. Transtornado por Elza Soares, o "Canto de Ossanha" (1966) de Baden e Vinicius constituiu-se, para boas entendedoras,...

A festa joanina

  "Ô, Juninho! Cê é surdo?" Cambaleante, o bebum grita com insistência, tentando chamar a atenção do artista que está no alto do palco armado na praça central da cidade. Podia ser qualquer rua e praça de qualquer cidade e país. Mas nestes quatro dias juninos estamos vivendo em Joanópolis, o pequeno município paulista que gosta de dizer que nasceu de...

O esquecimento do presente

"Se tiver repressão eu tô perdida", brinca a cineasta paulistana Tata Amaral, sentada diante do computador na sede de sua produtora, a Tangerina Entretenimento. Ela se refere aos livros que a cercam, talvez à sinopse em que trabalha na tela, ao imaginário de esquerda que sempre lhe foi caro e presente. Mas poderia estar pensando também em Trago Comigo, seu filme em...

The wall

CERCA DE 300 GRAFITEIROS FORAM À ZONA LESTE PARA PINTAR UM MURO DE UM QUILÔMETRO DE EXTENSÃO. O COLORIDO ULTRAPASSOU OS LIMITES DO MURO Azul que é pura memória de algum lugar. Em maio, dona Joana de Oliveira Pereira contou 56 anos morando na rua Cisper, em Ermelino Matarazzo (zona leste de São Paulo), nos fundos da grande fábrica de vidro....

25 horas e ½ de Virada

Um evento realizado em 28 ruas abertas, 8 bibliotecas municipais, 9 centros culturais, 7 teatros municipais, 11 casas de cultura, 16 Viradinhas voltadas para o público infantil, 10 CEUs (Centros Educacionais Unificados) e 5 palcos montados nos bairros das zonas sul, leste e norte. A Virada Cultural impacta pela variedade de atrações. É preciso ser mais de um para...

A comunidade das comunidades isoladas

Enquanto o país navega em mares anti-institucionais, a comunidade cultural brasileira (muitas vezes organizada em um conjunto de ilhas) ouve falar da possível fagocitose do Ministério da Cultura pelo Ministério da Educação (*) e resiste a discutir as consequências que dali podem vir a se alastrar. Nesse caldo de (falta de) cultura, a instituição privada Itaú Cultural anuncia os 117 agraciados da...

Vocês já estão mortos (*)

Esta narrativa se desenrola integralmente em elipses temporais femininas do terceiro milênio brasileiro. São peças de um quebra-cabeça, cenas de um filme nada fictício, que se encontram e se desencontram em encaixes nem sempre evidentes. Vejamos. 1º de janeiro de 2011. Numa minúscula água-furtada que se debruça sobre o elegante centro histórico de Paris (o Marais, bairro das gay e...

Dilma Vana Rousseff, mãe

Presidenta da República não é mãe. Se quer ser mãe, mulher tem que ser bela, recatada e do lar (e Amélia é que era mulher de verdade). Se é bela, recatada, do lar e mãe, mulher não deve trabalhar fora, quanto menos na pilotagem da presidência da República. Por silogismo, se é mãe mulher não pode ser presidenta. Tampouco presidenta...

Cinema na Quinta do Sol

"A menina parece um palmito!", exclama o espectador adolescente no escurinho do cinema, diante da primeira aparição de uma personagem ruiva, muito pálida, no filme brasileiro O Escaravelho do Diabo, de Carlo Milani. Não parece uma frase que ouviríamos num cinema da região central de São Paulo. De fato, estamos a mais de 20 quilômetros da Praça da Sé, na Vila Císper,...

Dilma Vana Rousseff, estadista

Em 2010, a tradicional família brasileira foi submetida à traumática experiência de ter de aceitar, pela primeira vez, a eleição de uma mulher para a presidência da República. A porção tradicionalista, reacionária, machista e misógina do país não pôde evitar o ato consumado. Mas reagiu de pronto, de duas maneiras iniciais. De chofre, o sempre ditatorial partido da imprensa conservadora...