quinta-feira, maio 19, 2022

O pop que (infelizmente) não toca no rádio

Assis Medeiros assina simplesmente Assis neste Lamina , sem acento mesmo, seu novo disco, sucessor de petardos como Burrodecarga e o duplo Baiãozinho nuar . Pernambucano criado na Paraíba, hoje radicado em Brasília após temporada no Maranhão, Assis faz música pop(ular) brasileira. Da boa! Embora não seja popular, é pop, como atesta a sonoridade destas 14 faixas, que não...

Gloria Greta Groove

Gloria Groove no clipe "Vermelho" (2022)
Há um quadrado temático que parece inescapável para artistas que almejem o sucesso de massa na música pop: é preciso estar o tempo todo cantando sobre amor, sexo, dinheiro e/ou inveja. Gloria Groove, codinome drag do performer paulistano Daniel Garcia, de 27 anos, segue o script com dedicação em seu segundo álbum, emblematicamente denominado Lady Leste, em referência ao lado (marginalizado)...

O mochileiro da cultura pop

Uau, acabo de devorar "O Bisbilhoteiro das Galáxias - No lado B da cultura pop", livro de estreia do jornalista Jotabê Medeiros, crítico e repórter do jornal O Estado de S. Paulo. É uma pequena grande obra da literatura musical. É uma soberba lição de jornalismo para jovens que queiram seguir a profissão. E é, até onde sei, uma...

Mais de um milhão de vagalumes por aí

Uma canção de amor do jovem grupo paulista Pollo para celebrar o feliz dia 19 de junho de 2013 para os brasileiros: o MPL vencemos, as tarifas dos transportes serão reduzidas!   Pouco conheço sobre a banda de pop-rap Pollo. Sei que um dos meninos é filho do KL Jay, um dos Racionais MC's. E sei que é comoventemente linda esta...

O encontro de veludo de Evinha e Guilherme Arantes

Evinha
Radicada em Paris, a cantora carioca Evinha dedica o CD Evinha Canta Guilherme Arantes, de voz e piano, à obra pop do compositor paulistano que fez sucesso nos anos 1970 e 1980 com sucessos como Cuide-Se Bem (1976), Amanhã (1977), Êxtase (1979), Deixa Chover (1981) e Um Dia, um Adeus (1987), todas presentes no álbum-tributo. Evinha fez história bonita no...

Wilson Simonal, o bode ainda na sala

  (Texto originalmente publicado na revista "Caros Amigos" 171, de junho de 2011.)   Lá se foram 40 anos desde que o cantor Wilson Simonal foi pela primeira vez acusado de ser um “dedo-duro”, um colaborador da ditadura militar plantado na frente avançada da música popular brasileira. Ele permanece sendo o incômodo bode na sala da história heroica da MPB de seu...

Os pequenos segredos

O diretor André Barcinski reúne integrantes das bandas de pop "gringo" dos anos 1970.
A série História Secreta do Pop Brasileiro, dirigida pelo jornalista André Barcinski, que estreia no dia 11, às 22h30, no canal pago Music Box Brazil, devota-se aos artistas e movimentos geralmente desprezados pela intelectualidade cultural e jornalística local. São oito episódios temáticos, a começar por Os Clones, que investiga versões brasileiras de hits pop dos anos 1960, 1970 e 1980, como Prini Lorez (um genérico do...

Esse cara é Alcione!

Especialista em samba e romantismo, nossa mais completa cantora de jazz forra de sangue negro o repertório mais romântico de Roberto Carlos, em apresentação única, em São Paulo.      Parecia uma impossibilidade lógica. Alcione é sambista, e Roberto Carlos tem implicâncias particulares com a cor marrom. Ainda assim, a mágica se fez: na quarta-feira que passou, num gigantesco teatro tipo...

Anitta, “Versions of Me” e o Brasil diante do espelho

Anitta
"Que Rabão", décima terceira faixa de Versions of Me, sustenta a afirmação da cantora e compositora Anitta de que seu quinto álbum é um trabalho trilíngue, em português, espanhol e inglês. A partir de rudimentos deixados pelo conterrâneo Mr. Catra (1968-2018), a cantora carioca nascida em Honório Gurgel dispara alguns versos em portunhol, tipo "joga na minha cara mucho loca, que belleza/ já que...

Zabelê, a nova nova baiana

A cantora carioca Zabelê já errou pelo pop decalcado das Spice Girls (com o trio de irmãs SNZ) e tentou aderir à vanguarda na estreia solo Zabelê (2015), com produção de Domenico Lancellotti e canções de Kassin, Pedro Sá, Luísa Maita e outros. Passados 21 anos da formação do SNZ, ela se entrega pela primeira vez ao DNA em Auê, um álbum com cara de EP (ou vice-versa) 100% derivado dos Novos...