terça-feira, maio 24, 2022

50 anos depois, Ednardo escava seu começo

Não faz muito tempo, um dos pressupostos tácitos do jornalismo era: nunca nivelar por baixo. Pode-se instigar o leitor, propor ao leitor, desafiar o leitor. Nada deve chegar-lhe pronto, ele também deve ser capaz de formular, equacionar, ir atrás. Ao jovem repórter que entrava na redação,  uma das primeiras coisas que aconselhavam (os mestres de verdade) a levar adiante...

“Ubuntu”: a entrega e a partilha de Leila Maria

A cantora carioca Leila Maria. Foto: Catarina Ribeiro. Divulgação
A cantora carioca Leila Maria tornou-se conhecida de mais brasileiros após sua participação no global The Voice+, em 2001. Antes, outro feito seu que chamou a atenção foi vencer o Prêmio da Música Brasileira, na categoria melhor álbum em língua estrangeira com seu disco de releituras da cantora norte-americana Billie Holiday (“Leila Maria canta Billie”, de 2012). Cantora experimentada, ela...

Há cinco anos, morria Belchior, o cantador das coisas do porão

Cinco anos após sua morte, o que mudou em relação à apreciação da música de Belchior? É possível dizer, sem qualquer receio de errar, que nenhuma obra da Música Popular Brasileira sofreu uma revalorização tão assombrosa em tão pouco tempo. Seu legado de mais de 300 composições em 15 álbuns tem sido avidamente buscado por quase um milhão de ouvintes...

A grandeza de Otto

O cantor e compositor Otto, sempre pronto para brigar pelas causas em que acredita. Retrato: Rui Mendes. Divulgação
“Canicule sauvage”, novo disco de Otto, foi disponibilizado hoje nas plataformas de streaming. A expressão em francês que o batiza significa “onda de calor selvagem”, em tradução livre. Embora aborde a questão climática, a faixa-título tem ares do encontro musical de Serge Gainsbourg e Jane Birkin, com seu canto sussurrado. O álbum é um reflexo do isolamento social imposto pela...

O firmamento de Walter Firmo

A foto que o fotógrafo Walter Firmo fez em 1967 do compositor, flautista e saxofonista Pixinguinha, refestelado numa cadeira de palha, abraçado ao seu saxofone, é uma das mais famosas imagens da música em todos os tempos e vai seguir sendo. Mas não é o ângulo preferido do autor. A mítica foto de Pixinguinha é só uma das centenas de...

Morre no Ceará o virtuoso violonista Tarcísio Sardinha

Morreu em Fortaleza nesta segunda-feira, aos 58 anos, o violonista e compositor Tarcísio de Lima Carvalho, o Tarcísio Sardinha, um virtuoso do violão e mestre de toda uma geração de músicos brasileiros. Ele estava internado desde 9 de janeiro e os amigos, que eram centenas, chegaram a fazer uma ação em março para ajudar a custear as despesas de...

Morre Ian Guest, lendário produtor de ‘Sociedade da Grã-Ordem Kavernista’

Morreu na noite de sábado em Tiradentes (MG) o compositor, arranjador, pianista e filósofo da música Ian Guest, aos 82 anos. O húngaro Guest (cujo nome de batismo era János Geszti) entrou para a História da música brasileira ao produzir o visionário disco Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10 (CBS, 1971), de Raul Seixas, Miriam Batucada, Edy...

“Violivoz”: Chico César e Geraldo Azevedo, juntos, amanhã em São Luís

Chico César e Geraldo Azevedo em Maceió. Foto: Paulo Mendonça Junior/ Divulgação
Chico César e Geraldo Azevedo são dois dos artistas brasileiros de plateias mais fiéis em São Luís do Maranhão. Isto se deve, muito provavelmente, ao sucesso que ambos fizeram com músicas em homenagem à capital maranhense. Desde 1984, as rádios da ilha tocaram bastante o sucesso “Terra à vista” (Carlos Fernando), cuja letra começa, direta: “San, San, San, São Luís...

Roberto Carlos, aos 81 anos, está de novo na estrada

O cantor brasileiro que se mantém em atividade há mais tempo - começou a carreira ainda criança, nos anos 1950, na Rádio Cachoeiro de Itapemirim (ZYL-9) - completa nesta terça-feira, 19 de abril, 81 anos de idade. E em pleno aquecimento para a estrada: Roberto Carlos inicia nesta sexta, 22, na FTX Arena de Miami (Flórida, Estados Unidos) uma...

Um clube de reggae sobre as águas

A Praça dos Catraieiros, na Praia Grande, com a Casa do Maranhão à direita, vista do barco
FOTOS: GUTA AMABILE Que São Luís é considerada a capital brasileira do reggae, a Jamaica brasileira, não é novidade para ninguém, nem mesmo para os detratores da alcunha. O Tropical Reggae Cruise, passeio de barco de cerca de três horas, com discotecagem de Ademar Danilo, é mais uma prova. O jornalista e dj é um dos personagens centrais na cena reggae...