quarta-feira, abril 24, 2024

A era de Aquarius

ELA está morando sozinha num condomínio um pouco histórico, um pouco deteriorado, chamado Aquarius. Um empreendedor imobiliário voraz sonha em destruir o velho condomínio com vista para o mar do Recife à base de dinamite, de machadadas, mas sabe que no mundo moderno o uso da força bruta nem sempre pega bem. ELA é o empecilho que atravanca o progresso da...

O medo do pênalti diante da goleira

Segundo relatou um jornal, na cobertura da votação recente no Senado com vistas aos afastamento de Dilma Rousseff, uma repórter teria se queixado para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), da dificuldade de manter conversas reservadas. “Sempre que busco um off, tem um microfone gigante na minha cabeça”, teria reclamado. Um radialista teria apelidado o microfone direcional em...

A censura que não ousa dizer seu nome

Jotabê Medeiros comenta a classificação para 18 anos do filme Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, não por acaso, cineasta que se manifestou contra o golpe no Brasil Há 30 anos, acontecia a última estrepitosa censura do Estado brasileiro a uma obra de arte. Tratava-se, naquela ocasião, do filme Je Vous Salue, Marie, do francês Jean Luc Godard, e a censura...

Para nortear a festa

Elza Soares quis gritar um "fora Temer" pela fresta da festa de abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro? "Garota de Ipanema", "Aquarela do Brasil" e "País Tropical" são cartões postais sonoros inescapáveis para uma festa imodesta como esta? Anitta tem o direito de representar a música popular brasileira? O funk carioca e o tecnobrega paraense mereciam estar ali no epicentro do Maracanã...

O esquecimento do presente

"Se tiver repressão eu tô perdida", brinca a cineasta paulistana Tata Amaral, sentada diante do computador na sede de sua produtora, a Tangerina Entretenimento. Ela se refere aos livros que a cercam, talvez à sinopse em que trabalha na tela, ao imaginário de esquerda que sempre lhe foi caro e presente. Mas poderia estar pensando também em Trago Comigo, seu filme em...

Tata Amaral: entrevista

Segue abaixo a transcrição da entrevista com a cineasta paulistana Tata Amaral, norteadora da construção do texto "O esquecimento do presente". Pedro Alexandre Sanches: Quando Trago Comigo foi pensado, idealizado e realizado?Tata Amaral: Trago Comigo foi filmado em 2009. Foi gravado, porque inicialmente era uma série de televisão. A TV Cultura me chamou pra fazer parte de um projeto chamado Direções. Chamam diretores pra fazer minisséries...

Cinema na Quinta do Sol

"A menina parece um palmito!", exclama o espectador adolescente no escurinho do cinema, diante da primeira aparição de uma personagem ruiva, muito pálida, no filme brasileiro O Escaravelho do Diabo, de Carlo Milani.Não parece uma frase que ouviríamos num cinema da região central de São Paulo. De fato, estamos a mais de 20 quilômetros da Praça da Sé, na Vila Císper,...

Amei Star Wars, esse filme de bosta

Imaginem um crítico de cinema bipolar: ah, como eu amei esse filme; putz, como eu odiei esse filme. Agora imaginem que ele vai resenhar o filme que é o território sagrado de um exército de nerds, do tipo que ameaça os que discordam dele.Bom, temos então como brincadeira do dia esse bizarro desafio: um crítico binário, de dupla personalidade,...

Um filme para 2015

O caos se estabelece já no primeiro minuto. A filha da empregada doméstica chega a São Paulo, vinda do Nordeste pernambucano, de início para ficar hospedada na casa dos patrões da mãe, no Morumbi. O plano de Jéssica é prestar vestibular para arquitetura na USP.A casa e a vida de todos os envolvidos viram de ponta-cabeça, antes que alguém...

Existe cultura em SP?

FAROFAFÁ é um site jornalístico sobre música brasileira, com alcance em todo o território nacional (e além). O texto que se segue, no entanto, pretende ser mais que musical - e falar sobre cultura de modo geral - e menos que nacional - e tratar de uma pequena grande aldeia brasileira, situada a sudeste do país e batizada São Paulo...