A Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Associação Nacional de Livrarias (ANL) e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) divulgaram na quarta-feira (12) as 53 livrarias do País selecionadas pelo Projeto Retomada, uma vaquinha que busca doações para auxiliar pequenas livrarias nesse momento de graves dificuldades impostas pela pandemia. 213 livrarias se inscreveram e uma comissão escolheu inicialmente 53. Cada uma receberá de imediato R$ 5 mil. A campanha, em curso, arrecadou R$ 365,7 mil e almeja chegar a R$ 530 mil até o final do mês .

Um dos critérios para a escolha foi que as livrarias bancassem 50% das suas atividades com a venda de livros e estivessem adimplentes e sem protestos até 15 de março de 2020. A lista completa das livrarias está na imagem que ilustra este texto.

Sem políticas públicas do Estado brasileiro, o setor do livro e da leitura passa por situação delicada. A última notícia do ramo foi a intenção manifestada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, de acabar com a isenção fiscal para as editoras, plano que pode não só encarecer o livro como inviabilizar o funcionamento de diversas empresas.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome