A partir deste sábado, 7 de setembro, duas das obras mais radicais das artes visuais do mundo vão se aninhar numa antiga fábrica têxtil em Itu, a cerca de 100 quilômetros de São Paulo. Trata-se de um lote de 50 obras do alagoano Arthur Bispo do Rosário (1909-1989), e 17 trabalhos da francesa Louise Bourgeois (1911-2010) e o museu é a Fábrica de Arte Marcos Amaro (FAMA). Bispo do Rosário, ex-interno de um manicômio no Rio, a Colônia Juliano Moreira, já representou o Brasil na Bienal de Veneza e sua obra tem sido esquadrinhada por especialistas há pelo menos três décadas.

No século passado, o prédio onde hoje é o museu Fábrica de Arte abrigou a Fábrica São Pedro de tecidos que, em 1912, chegou a operar com mais de 150 teares; em 1944, contava com 2 mil operários e foi a que mais empregou na cidade de Itu nesse setor. Hoje, são 25 mil metros quadrados de área expositiva nos quais residem as obras de artes da FAMA, um acervo que vem sendo constituído pelo empresário e mecenas Marcos Amaro, um dos herdeiros do comandante Rolim Amaro (antigo controlador da companhia aérea TAM), morto num acidente de helicóptero no Paraguai.

Com curadoria de Ricardo Resende, diretor artístico do museu FAMA, a exposição dupla busca estabelecer um diálogo entre as obras singulares dos dois artistas. “Louise Bourgeois usou seus traumas e memórias para problematizar temas caros ao corpo feminino, como identidade, angústia e anseio por liberdade em suportes variados”, diz a organização. Será exibida a tapeçaria Femme (2004), que a artista costurou manualmente, e as 16 pinturas que compõem a suíte Do Not Abandon Me (2009-2010, em parceria com a artista britânica Tracey Emin). Femme é uma boneca sem cabeça nem membros que possui apenas curvas e um buraco no fim do torso e pertence ao acervo do próprio museu, além de obras de Aleijadinho e Tunga.

De Bispo do Rosário, entre outras, está o famoso Manto de Apresentação (s.d.), um dos destaques da mostra, considerada pela crítica como sua obra mais emblemática – o artista confeccionou o manto com o qual adentraria o Paraíso, na hora certa.

No dia 7 de setembro, a FAMA também promove um circuito de palestras com especialistas em arte contemporânea e inaugura exposições individuais de José Spaniol, Samuel de Saboia, Pola Fernandez e Iza Figueiredo.

O museu disponibiliza transporte gratuito para o público entre São Paulo e Itu. O ônibus sai às 10h da Alameda Franca, 1.050, nos Jardins, com destino a Itu, e retorna às 17h. As inscrições podem ser feitas pelo site famamuseu.org.

Serviço:


Bispo do Rosário: as Coisas do Mundo
Louise Bourgeois em Utopia de colecionar o pluralismo da arte
Curadoria: Ricardo Resende
Abertura: 7 de setembro, sábado, das 12h às 17h
Período expositivo: 9 de setembro de 2019 a 7 setembro de 2020
Local: FAMA – Fábrica de Arte Marcos Amaro
Endereço: Rua Padre Bartolomeu Tadei, 9, Itu, São Paulo
Visitação: de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e sábado, das 11h às 15h

 

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome