Home Música Boa do Brasil

Música Boa do Brasil

Linn da Quebrada vem quebrar a costela de Adão

Linn da Quebrada em "Trava Línguas"
Linn da Quebrada passou por várias transformações entre o álbum de estreia, Pajubá (2017), e seu sucessor, o novo Trava Línguas. A cantora e compositora paulistana atravessou mudanças corporais, ampliou sua visibilidade como protagonista do documentário revelador Bixa Travesty (2018) e trocou a persona de entrevistada pela de entrevistadora no programa Transmissão (2019), do Canal Brasil, ao lado da parceira Jup do Bairro. "Tenho conseguido hackear...

Canções do anti-exílio na voz de Tiago Araripe

Você põe pra ouvir a novíssima canção "Perder alguém", de Tiago Araripe, e pensa: “Meu Deus, que canção linda de Fred Zero Quatro!”. Rá! Seu besta distraído! Provavelmente não existiria Fred Zero Quatro sem Tiago Araripe, que palmilhou o coração do Recife com a Nuvem 33 duas décadas antes de Samba Esquema Noise (1994) vasculhar o coração do mundo e...

Morre em Paris o notável trombonista Raul de Souza

Morreu na noite de domingo, 13, em Paris, onde vivia, o trombonista Raul de Souza, aos 86 anos. Ele sofria de câncer na garganta. Raul de Souza foi um dos nossos gigantes. Tocou com os saxofonistas Sonny Rollins e Cannonball Adderley, as cantoras Sarah Vaughan, Maria Bethânia e Flora Purim, o baterista Jack DeJohnette, o também trombonista Frank Rosolino, entre...

Em carta de 1974, Belchior já planejava o voo latino-americano

Uma carta de Belchior com 26 linhas datilografadas, endereçada a Ricardo e Beth Bezerra e datada de novembro de 1974, possibilita grandes alumiamentos sobre o início da trajetória do bardo de Sobral. A carta foi divulgada em 2017 pelo blog do jornalista Jocelio Leal, do jornal O Povo. Em 1974, Belchior tinha recém-lançado o seu primeiro LP, Mote e Glosa...

Morre o cantor e poeta pernambucano Flaviola, vítima de Covid-19

Flaviola
Morreu no Recife hoje o poeta e compositor Flaviola, aos 68 anos, de complicações da Covid-19. Farofafá o entrevistou longamente no ano passado por ocasião do relançamento em vinil do seu lendário disco Flaviola e o Bando do Sol, pela Polysom. Ao longo dos anos, em fitas que passavam de mão em mão, em cópias piratas de todo tipo, o...

Há quatro anos, Belchior começou a agigantar-se

Muitos leitores me pedem para explicar porque, conforme o tempo avança, a mística de Belchior só faz crescer. Pensei muito nisso nos últimos anos, há diversas explicações que parecem razoáveis, mas quase nenhuma é plenamente satisfatória. Geralmente, esse tipo de pós-vida no mundo artístico é regado pela febril redescoberta da personalidade de quem se foi, algo que, em muitos...

A irmandade de Pedro & Pipoquinha

Um jazz que se alimenta de sertão, um sertão que se embebeda de fusion. A música instrumental dos jovens Pedro Martins, guitarrista brasiliense de 26 anos, e Michael Pipoquinha, contrabaixista cearense de 24 anos, é uma suave viagem entre polos sonoros empreendida a partir de tradições arraigadas e prospecções originais - na nobilíssima linhagem que teve em outros tempos...

A clarividência de Jadsa

O disco de estreia da cantora baiana, Olho de Vidro, se afirma como um inventivo manifesto de um tempo     Um disco de estreia que já chega deixando suas digitais no cimento instantâneo da música: Olho de Vidro (Balaclava Records/Natura Musical), da cantora baiana Jadsa, carrega um combinado de modernidade, contundência, inovação e personalidade que costuma ser raro numa estreante. A...

Morre o tecladista Lafayette

Morreu na madrugada desta terça-feira, 31, de infarto, o tecladista Lafayette Coelho Varges Limp, aos 79 anos. Ele esteve internado após uma queda no Hospital Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, mas tivera alta e se recuperava bem de uma fratura no fêmur. Também fazia sessões de hemodiálise. O teclado de Lafayette perpassa a sonoridade dos discos mais importantes da Jovem...

Abram alas para Chiquinha!

A maestrina Chiquinha Gonzaga operou muitas transgressões. Foi mulher independente na sociedade patriarcal brasileira (só que do século XIX, quando não existiam ativistas). Casada por obrigação aos 13 anos, separou-se do marido assim que descobriu que ele planejava mandar nela e desprezava a música. Introduziu nos salões dos aristocratas os ritmos populares, como a polca e o maxixe, dando...