Amei Star Wars, esse filme de bosta

Imaginem um crítico de cinema bipolar: ah, como eu amei esse filme; putz, como eu odiei esse filme. Agora imaginem que ele vai resenhar o filme que é o território sagrado de um exército de nerds, do tipo que ameaça os que discordam dele. Bom, temos então como brincadeira do dia esse bizarro desafio: um crítico binário, de dupla personalidade,...

Um filme para 2015

O caos se estabelece já no primeiro minuto. A filha da empregada doméstica chega a São Paulo, vinda do Nordeste pernambucano, de início para ficar hospedada na casa dos patrões da mãe, no Morumbi. O plano de Jéssica é prestar vestibular para arquitetura na USP. A casa e a vida de todos os envolvidos viram de ponta-cabeça, antes que alguém...

Existe cultura em SP?

FAROFAFÁ é um site jornalístico sobre música brasileira, com alcance em todo o território nacional (e além). O texto que se segue, no entanto, pretende ser mais que musical - e falar sobre cultura de modo geral - e menos que nacional - e tratar de uma pequena grande aldeia brasileira, situada a sudeste do país e batizada São Paulo...

Serra dos pelados

A experiência é perturbadora quando a gente vai ao cinema e carrega para dentro do filme o nosso próprio mundo. Aconteceu comigo ao assistir a Serra Pelada, bangue-bangue do (ex-)Terceiro Mundo dirigido pelo pernambucano Heitor Dhalia. Serra Pelada poderia ter me fisgado porque passei a infância vendo aquelas imagens quase sobre-humanas de garimpo, ora na tela da TV Globo, ora no universo...

Débora Black Bloch

Ei, alguém aí me ajuda? Posso perguntar? Vocês já ouviram falar de um filme chamado Um Porco em Gaza? É o seguinte. Passava eu pelo camelô de piratas aqui  na esquina, quando encontrei Hannah Arendt, um filme que eu queria muito ver - e que vi e achei absolutamente maravilhoso. Rolava a costumeira promoção, um DVD por R$ 4, três DVDs por R$ 10....

Procure saber. Saber o quê?

Último parágrafo do artigo "Penso Eu", do músico Chico Buarque, no jornal O Globo, em 16 de outubro: “Nos anos 70 a TV Globo me proibiu. Foi além da censura, proibiu por conta própria imagens minhas e qualquer menção ao meu nome. Amanhã a TV Globo pode querer me homenagear. Buscará nos arquivos as minhas imagens mais bonitas. Escolherá as...

As lágrimas de Breno Silveira

Depois de levar as vidas de Zezé di Camargo e Luciano ao cinema, Breno Silveira volta a investir na emoção musical, com novos filmes inspirados em Roberto Carlos e em Luiz Gonzaga. O cineasta Breno Silveira se notabilizou em 2005, quando lançou o filme 2 Filhos de Francisco, ao mexer num vespeiro e narrar, sem estereótipos ou caricaturas, as vidas dos...

Banditismo por necessidade

Lá atrás, em março, a imprensa ficou cega, surda e muda no caso das relações MinC/Ecad. Por quê? E a batalha continua. No mês passado, em 22 de março para ser mais preciso, escrevi no Ultrapop o texto "Estamos perdidos?" que repercutiam as primeiras denúncias de uma relação muito esquisita, para dizer o mínimo, entre o Ministério da Cultura (gestão Ana...

2007: O início, o fim e o meio (*)

Como fã de Raul Seixas tenho uma predileção pelos seus primeiros discos na Philips. Pesquisando a história do baiano cheguei ao nome de Jay Vaquer como o músico que gravou muitas guitarras tão características dessa fase inicial da obra de Raulzito. Ouça "Al Capone" e aqueles dois solos simultâneos com wah wah para ter uma idéia do que tou...

A Cultura é a alma de um Povo (*)

Vira e mexe, a ministra Ana de Hollanda é atacada pelos jornais, através de artigos e manifestos, como uma Geni da cultura. Esta semana, texto subscrito por professores universitários, no jornal "O Estado de S. Paulo", e entrevista do ex-ministro Juca Ferreira, na "Folha de S.Paulo", pareciam petardos sincronizados, como numa campanha bélica bem tramada. Não sou especialista em administração...