Poster de The Batman
Pôster de The Batman - Foto: Divulgação

The Batman estreou nos cinemas brasileiros na quinta-feira (3) e, já na pré-estreia, faturou mais de R$ 7,5 milhões. Dirigido por Matt Reeves, o longa-metragem traz Bruce Wayne interpretado por Robert Pattinson, em seu segundo ano de atividade como o vingador Batman.

A trama é desenvolvida com a busca do herói pelo assassino que deixa enigmas junto às vítimas, sempre direcionados ao Batman. Em uma cidade bombardeada pela corrupção e uso de drogas, o homem-morcego se vê diante de poucos aliados na caçada pelo vilão Charada (Paul Dano) e acaba por ter o nome da família Wayne envolvido em supostos escândalos.

A escolha do ator para o papel do herói gerou especulações em sua divulgação, uma vez que o público o associava diretamente ao personagem Edward, da saga teen Crepúsculo (2008). Mas Pattinson já mostrou seu talento em outras obras, posteriores à saga, e também em filmes que a precederam, como Harry Potter e o Cálice de Fogo (2005), uma de suas primeiras aparições cinematográficas.

Na escola bruxa chamada Hogwarts, Pattinson interpretou Cedrico Diggory, um jovem e respeitoso estudante da casa de Lufa Lufa que acaba morto pelo vilão Voldemort. Mesmo com uma rápida aparição, o ator conquistou o carinho dos fãs potterheads.

Mas não é apenas Pattinson que sai do mundo bruxo para compor a cidade fictícia da DC. Zoë Kravitz, responsável por dar vida a Selina Kyle em uma nova versão cinematográfica da Mulher Gato, também já atuou no papel de bruxa no longa Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (2018), como Leta Lestrange, da casa de Sonserina. Em The Batman, a atriz traz uma versão menos sensualizada e mais sensível da eterna amante do homem-morcego, surpreendendo pela inovação da exploração da personagem.

Mas ainda tem mais encontros entre os universos de Hogwarts e Gotham. Colin Farrell – que assume maravilhosamente o papel de Pinguim – participou da franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016) como Gerardo Grindelwald disfarçado do auror – profissão que investiga os crimes relacionados às artes das trevas – Percival Graves. Assim como Batman, o personagem do vilão Pinguim está em construção. No longa, ele é caracterizado mais como um mafioso do que um vilão, atuação bem sustentada por Farrel.

Robert Pattinson, Zoë Kravitz e Colin Farrell mostram sua versatilidade e comprometimento com os personagens e atuação. Seja em Hogwarts ou em Gotham City, cumprem, com êxito, os papéis a que foram destinados. Pattinson segue na linhagem do herói, Zoë com a imagem de personagem incompreendida e Farrel como vilão, mostrando ao público que a profissão de ator vai muito além de um único papel interpretado aos 22 anos.

* Resenha produzida para o Centro de Estudos Latino Americanos sobre Cultura e Comunicação da Universidade de São Paulo (Celacc-USP)

The Batman. De Matt Reeves. Estados Unidos, 2022, 176 mins.

 

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome