Cena de Uma noite em Miami, na Amazon Prime Video
Cena de Uma noite em Miami, na Amazon Prime Video - Foto Divulgação

O filme Uma Noite em Miami se passa na noite de 25 de fevereiro de 1964, logo após o boxeador Cassius Clay (Eli Goree) se tornar campeão mundial ao derrotar Sonny Liston. Mas a vitória em público não pode ser celebrada por causa de uma lei segregacionista. O episódio serviu de mote para Kemp Powers escrever uma peça teatral sobre um encontro imaginário entre ícones do movimento negro. Naquela noite, estavam presentes ao lado do ringue o ativista político Malcolm X (Kingsley Ben-Adir), o megastar do futebol norte-americano Jim Brown (Aldis Hodge) e o cantor de soul Sam Cooke (Leslie Odom Jr.).

A premiada atriz Regina King (Oscar de Atriz Coadjuvante em 2019) assina a direção, trabalhando a partir de um roteiro adaptado para o cinema pelo próprio Powers. A produção original da Amazon, no páreo para a estatueta de Melhor Filme, começa revelando como os personagens sofriam com o racismo, mesmo já sendo estrelas. Mas é no fictício encontro entre os quatro em um quarto de hotel que a narrativa ganha força.

Enfrentar o racismo era, e ainda é, uma luta externa, mas também interna. Cassius Clay, que estava prestes a se converter para o islamismo e se tornar Muhammad Ali, relutava em seguir os conselhos de Malcolm X, interessado em fundar uma nova organização religiosa. Brown tinha dúvidas se aceitava um convite para trocar a bola oval para ser ator de cinema. E Cooke ainda acreditava ser possível lutar o bom combate em meio ao mundo supremacista branco. A canção A Change Is Gonna Come, que se tornou um hino pelos direitos civis dos afro-americanos, ainda não havia sido lançada.

Uma Noite em Miami. Drama de Regina King. Na Amazon Prime Video, 114 mins.

 

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome