Reprodução
Convite para live evangélica com Veronica Brendler, provável nova diretora da Ancine

Na semana em que o neopentecostalismo da coalização que ajudou a eleger e sustenta Bolsonaro deu mostras de que está à altura do seu avatar político (com a revelação do passivo criminal da pastora Flordelis e do pastor Everaldo e a penhora das contas do apóstolo Valdemiro Santiago por calote), uma movimentação na Agência Nacional de Cinema escancara as estratégias e os fundamentos dessa corrente político-moralista.

O bolsonarismo se prepara para efetivar na diretoria colegiada da Ancine a produtora Veronica Brendler, diretora de um festival de cinema cristão (FICC). O nome dela está desde fevereiro no Senado. Sua efetivação poderá ocorrer já no final deste mês de setembro, em uma megassabatina organizada no Congresso para efetivar de uma só vez 43 indicados às agências reguladoras (Anac, Antt, Anvisa, Anatel, Ancine), embaixadas e organismos internacionais, que atualmente funcionam com lacunas na composição de seus bureaus. Já atua como diretor substituto da Ancine o pastor Edilásio Barra, o Tutuca, mas por falta de currículo e por deficiências legais, não foi possível realizar o plano de dar a Tutuca o poder integral do cargo efetivo (o nome dele também está na lista do Senado).

Na noite de quinta-feira, 27, Veronica Brendler, a provável nova diretora da Ancine, participou de uma live evangélica com a apóstola Ana Paula Reis Vasconcelos, transmitida pelas redes sociais. “A live de hoje será às 20 h, e vamos falar sobre como Jesus mudou o mundo sendo homem”, dizia a convocação. Veronica, na qualidade de pregadora-convidada, falou sobre a presumível capacidade de gestor de Jesus Cristo, que sabia fazer negócios e convencer os trabalhadores de sua região (“Ali só tinha duas empresas de pesca”, afirmou) a colaborar consigo sem contrapartida, apenas pelo carisma do líder.

Na intepretação de Veronica, Jesus Cristo, mesmo sendo compreensivo e doce, também sabia ser rigoroso e duro com colaboradores (“Raça de víboras!”, ela disse, citando Mateus, 23, e o discurso aos vendilhões do templo). Para ela, essa fórmula deveria ser utilizada nos negócios, pois será sempre garantia de êxito. “Você só conhece realmente uma pessoa quando faz negócios com ela”, afirmou Veronica. Essa corrente que preconiza um tipo de “teologia da prosperidade” é base dos impérios de figuras como Edir Macedo e R.R. Soares.
Os neopentecostais têm avançado no bolsonarismo por causa de seu pragmatismo e fidelidade à pauta de costumes do seu presidente. Eles comemoraram no Rio a ascensão do vice-governador de Wilson Witzel, Claudio Castro, cantor gospel que foi indicado pelo pastor Everaldo, preso na Operação Tris in Idem (em latim, “não repetir igual”). Se conseguirem formar maioria na direção da Ancine, lidarão com um orçamento de quase R$ 1 bilhão por ano e controlarão uma área artística de (até hoje) irrestrita liberdade de temáticas, abordagens e linguagens. Atualmente, o único cargo efetivo na direção é do atual diretor presidente interino, Alex Braga. Os outros três diretores (Edilásio Barra, Vinicius Clay e Luana Rufino) são temporários e foram reempossados irregularmente.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome