Itaú Cultural
Galiana Brasil e Eduardo Saron, do Itaú Cultural, durante o anúncio do primeiro programa de fomento ao teatro da instituição

O Itaú Cultural lançou essa manhã, em São Paulo, um programa anual de Fomento ao Teatro que começará no próximo dia 10 e contemplará dois grupos do País com R$ 200 mil cada para um espetáculo inédito. As companhias deverão ter no mínimo sete anos de atividades. A única contrapartida exigida é que os grupos escolhidos por um júri especializado estreiem seu novo espetáculo na sede do Itaú Cultural, na Avenida Paulista, em novembro. O período de inscrições vai de 10 de março até as 18 horas do dia 10 de abril.

O Itaú Cultural pagará passagens e hospedagens dos integrantes dos espetáculos escolhidos, caso sejam de fora de São Paulo, para que venham à capital apresentar suas montagens. Grupos LGTBQI+ e outros serão bem-vindos, informou a instituição. Os grupos que já têm algum tipo de incentivo (de leis ou de patrocinadores) podem concorrer, mas será dada prioridade aos que estejam com mais fragilidade de captação de recursos.

Batizado de Fomento à Criação Teatral: Montagem, é a primeira iniciativa do gênero criada pelo instituto e pode ser ampliada nas próximas edições, segundo o diretor do Itaú, Eduardo Saron. A avalanche de inscrições que o Itaú Cultural espera vai servir, segundo sua direção, para formar um banco de dados e informações que norteará novas ações na área cênica, hoje atingida por um programa, o Ponte, e por um apoio à montagem de Gota D’Água (Preta), do Coletivo Negro. “Quando resolvemos apoiar o Gota D’Água, imediatamente começamos a receber novas propostas”, disse Galiana Brasil, gerente do Núcleo de Artes Cênicas do Instituto.

Uma dezena de representantes de grupos de teatro de todo o País, do Acre ao Rio Grande do Sul, estiveram presentes na apresentação do programa. A proximidade do anúncio com a Mostra Internacional de Teatro de São Paulo (MITsp) foi deliberada, segundo Saron, para propagar a ideia e obter um retorno de ponderações dos grupos. Ele revelou que, no segundo semestre, será feita uma nova convocatória para uma área do “segmento estruturante” das artes.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome