terça-feira, agosto 16, 2022

Pororoca

O paraense Otto Ramos nasceu há 33 anos em Breves, na Ilha do Marajó, e se radicou aos 16 anos em Macapá, capital do Amapá. Neste ano de 2013, ele e seus companheiros têm R$ 400 mil em dinheiro público para gastar na sexta edição do festival Quebramar, que acontece neste fim-de-semana, a céu aberto e gratuitamente, à beira...

O rock morreu. Mas depois ressuscitou e se chama I.W. Company

Muita gente adora decretar que o rock morreu, o rock morreu, o rock morreu. Mas eis aqui uma história que vai no sentido oposto, de como o rock ressuscitou. E melhor ainda: estava perfeitamente em forma, melhor até do que quando morreu. É o caso da singular banda niteroiense I.W. Company, que volta a ressoar nesta semana como artefato musical...

Sobre o funk carioca e a cultura do estupro

Boa parte do funk é, sim, expressão do horror e da barbárie que nos assola. Mas é possível criticá-lo sem criminalizar a periferia? Uma reflexão de Acauam Oliveira Diante da comoção geral ocasionada pelo caso estarrecedor de estupro de uma jovem de 16 anos por 33 homens no Rio de Janeiro, diversos textos e artigos passaram a enfatizar a necessidade...

Um evento da contracultura?

Bandas Detonautas, ForFun, Oriente e Ponto de Equilíbrio promovem festival independente no Rio Tico Santa Cruz tinha razão. Dá para fazer um show no Brasil bancada pelos fãs. Os organizadores do festival Hip Rock Reggae anunciaram há alguns dias que ele vai se chamar EmContraCultura e está programado para ocorrer no próximo dia 3 de agosto, na arena da Fundição...

Lobão tem razão?

O músico faz propaganda do livro de ensaios Manifesto do Nada na Terra do Nunca ao gosto dos ditames da velha imprensa e toma invertida irritada de Mano Brown, dos Racionais MCs.    Mano Brown foi ríspido com Lobão. “Ele pregava a ética e rebeldia, age como uma puta para vender livro”, afirmou o rapper em sua conta de Twitter,...

A vida depois de Mujica

No festival Paraíso do Rock, no Paraná, a banda uruguaia Molina y Los Cósmicos faz um rasante com seu folk da fronteira e mostra por que devemos olhar com atenção um pouco além do Chuí Num dos festivais mais insólitos e bacanas do País, o Paraíso do Rock (que mobiliza durante duas noites a pequena Paraíso do Norte, no Paraná),...

Os tais caquinhos

Eu tinha recém-terminado de editar a entrevista de Marina Lima para o iG quando recebi a notícia da morte súbita de minha mãe, dona Zaira, lá em Maringá (PR). Tudo é esquisito demais - "esquisito" é a palavra que mais me ocorre e recorre nestes dias -, e a lembrança de Marina associada à da minha mãe...

O coro vai comê, Chorão!

Como um episódio lamentável envolvendo a banda Charlie Brown Jr. pode se tornar ainda pior com um pedido de desculpas interessadas apenas no negócio e em contratos e não na música Diz o ditado que em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher. Já que é assim, vamos então falar do barraco entre Chorão e Champignon, vocalista e...

2007: O início, o fim e o meio (*)

Como fã de Raul Seixas tenho uma predileção pelos seus primeiros discos na Philips. Pesquisando a história do baiano cheguei ao nome de Jay Vaquer como o músico que gravou muitas guitarras tão características dessa fase inicial da obra de Raulzito. Ouça "Al Capone" e aqueles dois solos simultâneos com wah wah para ter uma idéia do que tou...

Siba se entrega ao rock e à guitarra em "Avante"

"Não vejo nada que não tenha desabado/ nem mesmo entendo como estou de pé/ olhando um outro num espelho pendurado/ que reconheço, mas não sei quem é." As palavras inicias de Avante, novo CD do músico pernambucano Siba, 42 anos, emolduram um cenário algo apocalíptico. A canção se chama "Preparando o Salto" e anuncia um tempo de mudanças para...