Com ou sem memória?

Sentei-me para assistir ao Saia Justa com especial interesse, acreditando que ouviria algo novo sobre esse assunto que já faz parte da minha vida há anos, mas que de repente virou moda e ainda promete muitos capítulos. A “batalha das biografias” envolve aquele choque de preceitos constitucionais - liberdade de expressão e direito à privacidade – e, principalmente, uma ação...

Deixa a chuva molhar

O Novo Testamento poderá ser recolhido no Brasil! O Biografado não autorizou e a familia não foi encontrada para receber direitos de liberação da privacidade! Não há, na história, “biografia” mais manipulada do que a do grande Avatar, cuja fundamentação histórica, aliás, é muito questionada.. Nem o Personagem e nem a família foram consultados. Milhares de versões foram se multiplicando,...

A censura monetária

Lá pelos idos de 1996, meus alunos de teatro, todos crianças e pré-adolescentes, queriam porque queriam encenar um espetáculo famoso. Eu bem tentava dissuadi-los da ideia, mas qual o quê! Estava num beco sem saída. Na aula de artes, eu,  como professora de uma escola particular da pequena cidade de Agudos, no interior de São Paulo, próxima a Bauru, pensava...

Rap versus rap (e os meios de comunicação no meio)

Jurei pra mim há alguns anos que não falaria mais sobre este assunto. Um, por ser óbvia a minha posição a respeito disso. Outro, porque cada um faz o que bem entender de sua vida e carreira. Eu não vi rap na TV durante minha infância e adolescência. Vi em casa, meu pai sonhando em ser DJ, sem ter lugar...

Caetano, a Folha & a Falha

Neste domingo, em artigo no jornal O Globo, Caetano Veloso manifestou-se sobre a polêmica das biografias, debate que tomou o noticiário cultural nos últimos dias. O artista integra o recém-formado grupo Procure Saber, que congrega também nomes como Chico Buarque, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Gilberto Gil e Djavan e é presidido pela empresária e ex-mulher de Caetano, Paula Lavigne....

Acorda, amor!

Numa bonita canção dos anos 1970 chamada "Acorda, amor", Chico Buarque cantava uma letra na qual os ditadores aterrorizavam seu sono. Desesperado diante "da dura", Chico acordava a parceira e contava-lhe o pesadelo que, ao final da canção, percebia-se ser realidade e não sonho.  Visado pela censura, Chico assinou com o pseudônimo Julinho da Adelaide, em parceria com um...

Não devia ser proibido

Desde a morte de meu pai, Itamar Assumpção, em 2003, eu e minha pequena família de mulheres estamos articulando, orientando, organizando e disponibilizando ao público seu legado musical, baseadas, principalmente, no que absorvemos do pensamento artístico de Itamar. Algumas ações executadas foram fundamentais para que esse processo se consolidasse com força: o lançamento do disco gravado com Naná Vasconcelos, Isso Vai Dar Repercussão, em 2004,...

Os amigos da corte

O ultimo quiproquó envolvendo direitos autorais tem como um de seus protagonistas a produtora Paula Lavigne, que anunciou recentemente estar à frente de uma associação (ainda não constituída juridicamente, a dar crédito às informações disponíveis) com o objetivo, entre outros, da defender membros da classe artística dos autores de biografias. A associação, chamada Procure Saber, tem o apoio e a participação...

Acácio, o invisível

Nem chegou a meia-noite na sede do G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha, no sábado, 21 de setembro, e a casa já está lotada. Mais tarde vai ter show de forró com a banda Gatinha Manhosa, com quase duas décadas de estrada e comandada pelos veteranos Edson Lima (irmão de Batista Lima da Limão com Mel) e Angela Espíndola. Só que a ampla maioria do público, principalmente os...

Só a vaia consagra

Irreverente, genial, complexo e incompreendido muitas vezes, Jards Macalé, aos 70 anos, diz estar vivendo sua segunda juventude. O morcego, dono de diversas obras-primas dentro da música brasileira, falou da atual cena musical no Brasil, da tropicália, do Ecad e até da legalização da maconha. Mais vivo do que nunca, ele segue apresentando seu show com a banda Let's Play That e divulgando...