sexta-feira, setembro 20, 2019

As lágrimas de Breno Silveira

Depois de levar as vidas de Zezé di Camargo e Luciano ao cinema, Breno Silveira volta a investir na emoção musical, com novos filmes inspirados em Roberto Carlos e em Luiz Gonzaga. O cineasta Breno Silveira se notabilizou em 2005, quando lançou o filme 2 Filhos de Francisco, ao mexer num vespeiro e narrar, sem estereótipos ou caricaturas, as vidas dos...

Banditismo por necessidade

Lá atrás, em março, a imprensa ficou cega, surda e muda no caso das relações MinC/Ecad. Por quê? E a batalha continua. No mês passado, em 22 de março para ser mais preciso, escrevi no Ultrapop o texto "Estamos perdidos?" que repercutiam as primeiras denúncias de uma relação muito esquisita, para dizer o mínimo, entre o Ministério da Cultura (gestão Ana...

2007: O início, o fim e o meio (*)

Como fã de Raul Seixas tenho uma predileção pelos seus primeiros discos na Philips. Pesquisando a história do baiano cheguei ao nome de Jay Vaquer como o músico que gravou muitas guitarras tão características dessa fase inicial da obra de Raulzito. Ouça "Al Capone" e aqueles dois solos simultâneos com wah wah para ter uma idéia do que tou...

A Cultura é a alma de um Povo (*)

Vira e mexe, a ministra Ana de Hollanda é atacada pelos jornais, através de artigos e manifestos, como uma Geni da cultura. Esta semana, texto subscrito por professores universitários, no jornal "O Estado de S. Paulo", e entrevista do ex-ministro Juca Ferreira, na "Folha de S.Paulo", pareciam petardos sincronizados, como numa campanha bélica bem tramada. Não sou especialista em administração...