quinta-feira, junho 4, 2020

Quilombos em guerra nas estrelas

Em Alcântara, a corrida espacial dos norte-americanos esbarra na força cultural e no legado de uma centena de comunidades quilombolas Um foguete espacial viaja a 28 mil quilômetros por hora. Nas estradas vicinais de Alcântara, Maranhão, o carro da viagem, quando não tem buraco, vai a modestos 28 quilômetros por hora,...

A eterna luta da cultura nordestina

A lista de 160 artistas selecionados para a exposição "À Nordeste" (em cartaz no Sesc 24 de Maio) vai de A, de Abel Teixeira, a Z, de Zé Diabo. Mas no meio dela tem nomes como Portinari, Bispo do Rosário, Cícero Dias, Leonilson, Marcelo D'Salete, Pierre Verger, Juliana Notari, Nhô Caboclo, Tom Zé, Catarina dee Jah,...

João do Vale: a voz do povo revoou

"Poeta do povo", o compositor maranhense vira tema de musical que circulará o Brasil no segundo semestre de 2019 A roda da história gira em torno do próprio eixo. No aniversário de 55 anos do histórico show Opinião, João do Vale (1933-1996) está vivo outra vez. Iniciado no Maranhão, em 2017, o musical...

Você tem medo de travesti?

Entrevista exclusiva com o diretor Silvero Pereira, do Coletivo Artístico As Travestidas, que se apresentou em São Luís O espetáculo Quem Tem Medo de Travesti está em circulação pelo Brasil e este mês chega a Belém (PA), Imperatriz (MA) e Palmas (TO) – depois de São Luís (entre 14...

Geraldo Azevedo, o sobrevivente

O cantor e compositor pernambucano lança "Solo Contigo" e fala da prisão e da tortura pela ditadura brasileira, em 1969 e 1974 Geraldo lança o DVD e CD ao vivo "Solo Contigo" - foto Marcelo Ribeiro/Divulgação "A gente saiu da maior glória para a clandestinidade." O pernambucano Geraldo Azevedo...

A Jamaica brasileira na Pauliceia

Cultura da radiola terá destaque na Virada Cultural, em São Paulo. Duo Criolina e convidados farão 12 horas celebrando ritmos jamaicanos e maranhenses. Pouco tempo depois de inventado na Jamaica o reggae não tardou a se consolidar no Maranhão. Não à toa a capital São Luís recebeu a alcunha de Jamaica brasileira. O gênero...

A revolução mora ao lado

Ninguém está vendo a revolução. Ela acontece a poucos metros do posto de trabalho de Michel Temer e do Congresso Nacional sitiado pelas bancadas da bala, da Bíblia, do boi. Com entrada franca, o território livre (e totalmente cercado por grades) se chama Favela Sounds. Planta-se na Esplanada dos Ministérios, entre a catedral católica e o Museu Nacional de Brasília,...

A festa das patroas (*)

“Tenho que agradecer muito a Deus e aproveitar cada segundo que eu tô neste palco, sabe por quê? Não foi fácil, Brasil, não foi fácil estar nesse palco. A gente já ouviu demais que mulher não ia estar aqui em cima deste palco. Que os homens de chapéu que estão aí não iam abaixar para ouvir música de mulher...

Música eletrobrasileira

Curador da parte eletrônica do Vento Festival, o DJ Mauro Farina soma duas experiências peculiares na cena local de música de pista: dedica-se, com a Free Beats, às festas gratuitas de rua e privilegia as referências brasileiras dentro do ritual eletrônico. A galeria de DJs e experiências híbridas que reuniu no espaço Oca do festival revela, segundo ele, uma mudança que sofreu ao...

Belchior: ano passado eu não morro

Lançado em 2004, meu livro Como Dois e Dois São Cinco - Roberto Carlos (& Erasmo & Wanderléa) (Boitempo) anda tão desaparecido como andou Belchior nos últimos anos de uma GRANDE vida. Em homenagem à morte do GRANDE artista e pensador cearense em momento histórico tão eloquente, resgato aqui (*) (com alguns reparos e penduricalhos) o capítulo devotado ao GRANDE homem no livro protagonizado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Wanderléa etc. Viva BELCHIOR.   Não quero lhe...