Cena do espetáculo Maria e os Insetos, da Companhia Delas de Teatro
A Companhia Delas de Teatro foca no olhar femino e apresenta Maria e os Insetos, segundo espetáculo da trilogia Mulheres e Ciência Foto: Ligia Jardim

A Companhia Delas de Teatro apresenta Maria e os Insetos, segundo espetáculo da trilogia Mulheres e Ciência

Para quem viu e gostou de Mary e os Monstros Marinhos, a Companhia Delas de Teatro volta aos palcos com a peça Maria e os Insetos, em curta temporada no Sesc Consolação. Segundo espetáculo da trilogia Mulheres e Ciência, essa nova montagem conta a história de Maria Sybilla Merian, a alemã apaixonada pela natureza que se aventurou pelas florestas tropicais do Suriname para documentar a vida dos insetos.

Dirigida por Thaís Medeiros, a peça é indicada para um público não tão infantil, que não só compreenda algumas especificidades do trabalho científico, mas saiba fazer silêncio e tenha paciência durante a apresentação. Eram justamente essas duas as principais qualidades de Maria, que desde pequena gostava de admirar a vida de seres minúsculos com que a grande maioria pouco se importa. No século XVII, não havia ainda muito do conhecimento que possuímos hoje e é graças a estudiosos devotados como Maria Sybilla que sabemos que uma lagarta se metamorfoseia em borboleta. A protagonista gostava também de registrar suas descobertas em belas ilustrações, e depois essas imagens foram muito úteis para a compreensão da evolução das espécies.

A montagem da Cia Delas de Teatro requisita o tempo todo a imaginação do público. As atrizes Fernanda Castello Branco, Julia Ianina e Paula Weinfeld vivem, de forma revezada e alternada, todos os personagens da história.

Maria e os Insetos. Com a Companhia Delas de Teatro. No Teatro Anchieta (Sesc Consolação), dias 15, 22, 24, 25 e 29 de fevereiro, às 11 horas. Ingressos a 20 reais e grátis para menores de 12 anos.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome