Muito já foi falado do preconceito que o funk sofre por ser uma música criada e reproduzida nas favelas e periferias do Brasil. Jogue a primeira pedra quem não… Mas esse texto não é sobre o funk. Existe um gênero musical que sofre tanto preconceito e também é amplamente difundido nas periferias brasileiras. É a música gospel.

Há muito anos, a canção gospel já faz parte do imaginário brasileiro e hoje em dia é escutada tanto por evangélicos como por não evangélicos.

O gospel ainda tem extrema dificuldade de ser reconhecido como cultura, já que são pouquíssimos equipamentos e eventos públicos que programam grupos de música ou teatro gospel.

Esse olhar atravessado, marginalizado e preconceituoso tem feito com que artistas talentosos fiquem confinados em igrejas ou eventos religiosos. Como se eles não existissem. Mas eles existem, e para ganhar alguma visibilidade abandonam a música religiosa para navegar por outros ritmos. Keila Gentil, vocalista do grupo paraense Gang do Eletro, é uma delas. E tem ainda DJ Perera, o maior hitmaker de funk atual, e MC Livinho, um dos mais requisitados na atualidade para bailes de São Paulo.

Cito aqui três iniciativas dentro da cultura gospel que têm mostrado força e inovação, mostrando que cada vez mais os artistas do gênero irão ganhar, silenciosa e persistentemente, espaço na cultura brasileira.

Porta Estreita: Canal de vídeos de humor do YouTube que faz rir com situações cotidianas e personagens do meio evangélico

Louva na Lage: Projeto liderado por Thiago Lima em cima de uma laje no bairro de Cidade Tiradentes, conquistou a internet com o vídeo que mostra o virtuosismo dos músicos do projeto

Artistas do Pela Fé, que participam do Projeto Louva na Laje - Foto Facebook
Artistas do Pela Fé, em cima de uma laje – Foto Facebook

Ton Carfi: Efeitos especiais, zumbis carros incendiados, todos esses elementos fazem parte do clipe que o artista acaba de lançar. Dirigido pelo estrelado diretor Toddy Ivon (Racionais Mc, MV Bill, Pulse 011, entre outros), o clipe vai deixar muito artista pop secular com inveja pela qualidade. A produção musical não fica atrás e os vocais de Carfi já são reconhecidos há tempos no meio musical.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome