O quinteto de jazz dinamarquês Girls in Airports toca na choperia do Sesc Pompeia no dia 15, sábado. Vindos de uma cena que (poucos sabem) é ultratradicional no jazz, a escandinava, eles forçam os limites do gênero um tanto à frente. Parece que iniciaram sua música onde o Morphine, de Mark Sandman, parou. Na essência, o som deles tem como abre-alas dois saxofones e é complementado por uma percussão que, na cadência, junta bossa e George Russell, Lennie Tristano e Burt Bacharach.

Eles são: Martin Stender (sax), Lars Greve (sax e clarinete), Mathias Holm (teclados), Victor Dybbroe (percussão) e Mads Forsby (bateria). Chequem esse suingue. Digam se não é demais. Estarei lá.


   

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome