não, por favor, pára o mundo!, que eu não tô agüentando o tanto de amor que a história com “h” bem grandão anda dando de despejar por sobre a gente!

ele nasceu!, e é a coisinha mais linda deste mundo!!!


pelas armadilhas que nos arma essa coisa estranha que chamamos de “realidade”, foi exatamente no mesmo dia em que foi anunciado o “rebaixamento” de plutão para planeta anão, para planetanão.

enquanto cientistas & plutocratas comemoravam a “queda” de plutão [e assessorias de imprensa já disparavam aqui no brasil e-mails de nome “como fica o zodíaco sem plutão?”], nascia no zoológico de ostersund, na plutocrática suécia, o minúsculo, maravilhoso e magnífico serzinho acima, deslumbrantemente condensado em 35 cm de tamanho e 100 gramas de peso [alô, dom!!!!]. esse bichinho lindo de explodir de amor é, segundo informam os boletins, um “macaco albino pigmeu”.

entendeu?, não bastava ser macaco, é macaco pigmeu, e não bastava ser macaco pigmeu, é macaco pigmeu albino. no mesmo dia em que plutão foi decretado planeta anão.

quer saber?, eu acho mais é que plutão foi “rebaixado” para cima, “promovido” ao avesso, emboscado para cima pelos plutocratas espertos ao contrário que não param de subir para baixo e nem sabiam que vinha aí, esplêndido e camurçado de amor, o mais lindo de todos os macacos albinos pigmeus do sistema solar.

pois vem quente, plutocracia gelada, que os planetanões macacalbinos pigmeus estamos lotados de amor para dar & receber!

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome