terça-feira, junho 2, 2020

É de graça, meu rei! (*)

  (NA FAIXA é o nome do meu blogue que já foi da MTV e hoje é do #TeiaLivre, e me inspirou para fazer esta gracinha de começo de ano.) É cada vez mais comum ver artistas brasileiros, muito independentes, sim, senhor, colocando na rede seus novos trabalhos para download gratuito. Aproveitei a deixa de três novidades - os igualmente excelentes...

A grande revelação paulista

Maior evento da cultura tradicional do Estado, o festival Revelando São Paulo mostra-se uma ponte entre o estômago e a fé, entre a memória e a esperança Revelar São Paulo é uma tarefa tão hercúlea que pode parecer pedantismo anunciar que se vai encará-la. Mas a maior feira de gastronomia e cultura do estado tem feito boa figura: quilombos e...

Elza Soares contra os homens

Os versos são de Vinicius de Moraes, o poetinha ex-diplomata que nunca chegou a ser o mais progressista dos brasileiros. A música é de Baden Powell, que no final da vida extirpou a palavra "saravá" de suas canções e substituiu os antigos cantos de candomblé pela religião evangélica. Transtornado por Elza Soares, o "Canto de Ossanha" (1966) de Baden e Vinicius constituiu-se, para boas entendedoras,...

Aláfia enfrenta o Tucanistão

A coisa começa devagar. "São Paulo não é sopa/ São Paulo não é sopa/ São Paulo não é sopa/ SP sopa não é", constata a faixa-título de abertura de SP Não É Sopa, o terceiro álbum da black big band paulistana Aláfia. O registro sonoro, a um só tempo pop e erudito, oscila entre os afrossambas do maestro baiano...

Superstar ou Superfail?

E daí que o programa Superstar virou o assunto mais comentado do Twitter por causa de um apagão no aplicativo que colhia o voto do telespectador para bandas musicais? O único problema é que restará a dúvida se a interação prometida pela TV Globo não passou de uma grande farsa levada ao ar. No domingo (6), estreou o novo reality...

Criolo e a síndrome de Estocolmo

Antes de virar modinha em circuitos mais elitistas, o rapper paulistano Criolo já compunha (há décadas) letras de franca provocação contra gente que pertence a esses mesmos círculos. “Gosta de favelado mais que Nutella/ quanto mais ópio você vai querer?/ uns preferem morrer a ver o preto vencer”, ele provocava mauricinhos e patricinhas em "Sucrilhos", do álbum "Nó na...

The wall

CERCA DE 300 GRAFITEIROS FORAM À ZONA LESTE PARA PINTAR UM MURO DE UM QUILÔMETRO DE EXTENSÃO. O COLORIDO ULTRAPASSOU OS LIMITES DO MURO Azul que é pura memória de algum lugar. Em maio, dona Joana de Oliveira Pereira contou 56 anos morando na rua Cisper, em Ermelino Matarazzo (zona leste de São Paulo), nos fundos da grande fábrica de vidro....

Augusto César: o operário do amor

Voz com timbre de galã, sorriso largo e um icônico corte de cabelo transformam Augusto César em um dos mais marcantes cantores da música popular romântica de sua geração. Último artista trazido nesta série que termina hoje, ele esteve no topo das FM populares, durante o fim dos anos 80, com o hit "Escalada". Agora, o cantor dribla as...

O tremor do jambu é gostoso demais

  Notas esparsas sobre a segunda edição do festival "Terruá Pará" no Auditório Ibirapuera de São Paulo, iniciada nesta sexta-feira 24 de junho de 2011: * Após uma abertura na clave mais tradicional do carimbó, com o grupo Uirapuru, do município de Marapanim, o palco se abriu para a música milimétrica, erudita, do violonista Sebastião Tapajós. O tom total do espetáculo...

Uma lobotomia para Perry Farrell

Perry Farrell tem sua razão em aconselhar o cantor Lobão a gravar "um disco muito bom, um que todo mundo ame, e faça as pessoas quererem vê-lo ao vivo. Então, ele poderá ser headliner de um festival". Estamos mesmo com saudades do @lobaoeletrico músico. O vocalista da banda Jane's Addiction, criador do Festival Lollapalooza, também vocalizou bem, numa entrevista...