segunda-feira, maio 16, 2022

Fora de qual Eixo?

Ao longo da última década, muito se falou sobre supostas crises da indústria fonográfica e dos modelos de negócios vigentes, sobre o crescimento da internet e a apropriação de novas tecnologias, direitos autorais e pirataria. Não se sabe ao certo ainda o impacto de cada uma dessas variáveis nos novos caminhos da produção cultural brasileira e o peso que...

Uma questão não resolvida ou provocações em meio à euforia

  Seja como músico seja como pesquisador, fico positivamente impressionado com as mudanças pelas quais tem passado nossa indústria da música na última década. Não tenho dúvida de que vivemos um momento inédito e importante. No entanto, também me preocupa o futuro do mercado de música no Brasil. Ainda que tenhamos feito um grande progresso no sentido de ampliar o...

Banda Uó, uma lição de vida e os caminhos do novo pop brasileiro

  Eu e DJ Maluquinho, um dos inventores do tecnobrega, começamos a encher a cara desde cedo. Daí o nosso estado precário quando a Banda Uó subiu ao palco para encerrar o primeiro Eletronika Belém. O sujeito estava começando a ficar meio perigoso, quase sem conseguir andar direito, tropeçando nas próprias pernas, mas esperto o suficiente para roubar umas latas de cerveja da área vip...

A liga, liga nóis?

  Assistindo o programa "jornalistico" da Bandeirantes A Liga, eu me constrangi, não só como ativista no bairro , mas como pai de família. Conforme a matéria avançava, minha esposa saía e voltava não querendo mais ver, minha filha de apenas quatro anos perguntou, – isso é aqui pai? Triste, muito triste mesmo, ver o que fizeram com o bairro. Tem funk?...

Anos Rebeldes: 1992 – sem música, Itamar não seria ninguém

  "Avenida Paulista dança aos 100 anos." Tava no pé da primeira página da Folha. Foi uma semana de festa para comemorar o aniversário da avenida que, segundo Arnaldo Jabor, ainda um embrião do reacionário que virou, era o "arrimo do país" (isso foi no dia seguinte, no dia do aniversário em si, página dois do caderno Cotidiano). Havia outra...

Anos Rebeldes: 1968, 1992, 2011

  Acabei de assistir ao último capítulo da minissérie Anos Rebeldes, que foi reprisada no horário da minha insônia diária no canal Viva. Acabou do mesmo jeito que em 1992, só que, desta vez, ainda não dá para imaginar quão longe podem ir as manifestações em série que os jovens estão produzindo pelo mundo. Aqui é metrô, maconha, liberdade, no...

Na cozinha com Sharon

  Fazia muito frio no Morumbi, tanto frio que Seu Jorge teve de descer as escadas do seu sobrado para dar partida e "esquentar" sua Lamborghini na garagem. Casa no Morumbi e Lamborghini na garagem? "Burguesinho, burguesinho, burguesinho, só no filé...", era o sarro mais óbvio que todo mundo queria tirar do anfitrião. Mas respeitemos o homem, era o aniversário...

Non ducor, duco

Tá aqui sua democracia. ass: capitão Del Vecchio. (fonte AE)   Não somos conduzidos, conduzimos Sabem de uma coisa? Hoje eu fui na marcha da maconha e usei tóxicos. Usei mesmo! Eu e uma cambada que descia a Consolação. Ficamos com os olhos vermelhinhos, tossindo pra caramba. Como a gente descolou a parada? Ora, com a Polícia Militar de São Paulo, com...