Junio Barreto, Tony Reis e Tika. Still: Bruna Valença/ Divulgação
Junio Barreto, Tony Reis e Tika. Still: Bruna Valença/ Divulgação

“O sonho desistiu de ser feliz./ Somos dois corações pertinhos,/ esvaziados pela dor”, diz trecho da letra de “Dois corações pertinhos”, de Junio Barreto e Tika, cantada em dueto pelos parceiros.

“É um single, a primeira música gravada de um disco de canções e baladas que sai no segundo semestre de 2021. Escrita em agosto de 2020, em plena quarentena da pandemia, em parceria com Tika. É uma música que fala dos tempos de agora; das perdas, da situação do país, e de dois corações que habitam uma casa, e que ressignificam a dor do vazio que povoa na existência dos objetos”, declarou Junio Barreto no material de divulgação enviado à imprensa.

Lançada em dezembro do ano passado, após um hiato de sete anos, a música teve seu videoclipe disponibilizado hoje: um filme dirigido por Bárbara Cunha e Mary Gatis, com coreografia de Tony Reis, que performa um fantasma que persegue dois amantes que se afastaram. A consultoria de roteiro e supervisão criativa é de Paulo Caldas (diretor, com Lírio Ferreira, do clássico “Baile perfumado”). A produção musical é de Rovilson Pascoal.

Ao single comparecem, além de Junio Barreto (voz) e Tika (violão e voz), Igor Caracas (glockenspiel e percussões), Junior Boca (guitarras) e Meno Del Picchia (contrabaixo acústico e arco), que urde de melancolia a beleza da faixa, acentuada pelo preto e branco do filme/clipe.

Junio Barreto não é alguém estranho à sétima arte: compôs para as trilhas de “Febre do rato”, de Cláudio Assis, “Árido movie”, de Lírio Ferreira, e “Deserto feliz”, de Paulo Caldas, além de ser personagem marcante em “Onildo Almeida groove man”, de Cláudio Bezerra e Helder Lopes, sobre o autor de “Feira de Caruaru” – sua terra.

A cantora e compositora paulista Tika participou, em outubro do ano passado, da live “Junio Barreto por elas”. “Foi natural que da minha admiração e afinidade com Junio nascesse uma canção nossa. Em “Dois corações pertinhos”, Junio chegou com a letra impecável para nós dois musicarmos e apresentarmos numa live em homenagem ao amado e saudoso amigo e músico Carranca. Depois de alguns dias, estávamos no estúdio produzindo a faixa com Otto [produtor executivo] e Rovilson Pascoal [produtor, com Junio Barreto e Otto]. Com esse single, Junio segue potencializando sua obra musical. Estou orgulhosa e agradecida”, diz.

No que, num primeiro olhar, poderíamos perceber apenas melancolia e desesperança, Junio Barreto e Tika espalham e espelham beleza.

*

Assista o filme/clipe:

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome