O Fim do Desenxergar e Outras 29 Histórias de Mudança no Maranhão é um livro-documento que flagra o contraste fundo entre o Maranhão da família Sarney e o Maranhão dos últimos quatro anos, sob o governo de Flávio Dino. São histórias sobre o combate à miséria nos 30 municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado nordestino. Os textos de Xavier Bartaburu são acompanhados de rico material iconográfico do fotógrafo Felipe Neiva, que revelam a vida brotando de alguns dos municípios mais desassistidos pelo Brasil que odeia seus filhos mais pobres.

Fotos Felipe Neiva

As 30 cidades integram o que o governo Flávio Dino denominou Plano Mais IDH, com ações variadas como distribuição de kits de higiene bucal, odontomóveis, carreta da mulher, mutirões dos olhos, feiras de agricultura familiar, bolsa escola e os programas Minha Casa, Meu Maranhão, Segunda Água, Mais Asfalto e Sim, Eu Posso!, de alfabetização de adultos. É a continuidade, no Maranhão, do Brasil que ficou interrompido com o golpe em Dilma Rousseff e a escalada antipobres de gente como Michel Temer e Jair Bolsonaro.

A narrativa e as fotografias acompanham o progresso nas vidas de pequenos lavradores e pecuaristas, pescadores, professores, costureiras, parteiras, barbeiros, manicures, eletricistas, rendeiras, bordadeiras, feirantes, vendedores de açaí, brincantes do boi…

O título O Fim do Desenxergar é metafórico, mas também literal. Acumulam-se histórias de maranhenses que perderam parcial ou totalmente a visão, e que vêm sendo socorridos pelas novas políticas sociais. A história de José de Souza acontece em Aldeias Altas, no leste maranhense, com IDH 0,513, renda per capita de 179,92 reais, taxa de analfabetismo de 48,7% e 60% da população abaixo da linha de pobreza. Os repórteres acompanham o exame oftalmológico de José e sua adesão ao programa Sim, Eu Posso!, que ele não podia frequentar por falta de olhos.

O Fim do Desenxergar e Outras 29 Histórias de Mudança no Maranhão. Texto de Xavier Bartaburu e fotos de Felipe Neiva. Disponível gratuitamente em https://www.ma.gov.br/ofimdodesenxergarrr/

 

DEIXE UMA RESPOTA

Por favor, registre seu comentário
Por favor, entre seu nome