1. amanhã ao meio-dia, quando a água do mundo acabar, matar-se-á tomando o vidrinho de chanel nº 5 que ela esconde no açucareiro

2. a ruga assimétrica que surgiu na testa, como estrada vicinal, provocou-lhe rígida desconfiança: será q já foi lobotomizado?

3. garotas cujas pernas se projetam para a frente, como aranhas, são as mais sexies. paralisam antes para devorar sem pressa

4. perspectiva terrível, agora que ela conhece seu gosto melhor do que ele próprio jamais conhecerá: e se ela preferir macadâmia com baunilha?

5. o poeta oficial de redação providenciou versos oficiosos, tristes, subservientes e ocos. seu prêmio foi uma cadeira na inauguração

6. no superior tribunal da crítica, foi condenado à morte por ter escrito: “singular cantor cujo trabalho enfatiza tradições regionais…”

PUBLICIDADE
AnteriorMGMT
PróximoMIQUI JÉGUI?
Jotabê Medeiros, paraibano de Sumé, é repórter de jornalismo cultural desde 1986 e escritor, autor de Belchior - Apenas um Rapaz Latino-Americano (Todavia, 2017), Raul Seixas - Não diga que a canção está perdida (Todavia, 2019) e Roberto Carlos - Por isso essa voz tamanha (Todavia, 2021)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome