quarta-feira, fevereiro 19, 2020

Fernando Brant, o homem da sucursal

O lugar ocupado por Fernando Brant (1946-2015) na música popular brasileira é bem maior do que permitem reconhecer os olvidos de anos recentes. Só para citar alguns totens excluídos da coleção abaixo, Brant escreveu os versos de "Outubro" (1967), "Saídas e Bandeiras" (1972), "Credo" (1978), "Canção da América" (1980), "Nos Bailes da Vida" (1981), "Notícias do Brasil (Os Pássaros Trazem)" (1981),...

Orgulho masculino

Com tom de voz suave e delicado e sob musicalidade luminosa, o moço de feições indígenas canta histórias não exatamente felizes. "Sempre costurando o peito, moço sem respeito, procurando paz/ já andei por vias tortas, me bateram portas, já penei demais/ tenho um maço de receios, não durmo direito, onde está meu lar?", canta Jaloo na lírica "Last Dance", décima faixa...

Uma escola de samba

No sábado de Carnaval de 2017 (*), uma escola de samba do segundo grupo carioca desfilou um enredo denominado Meu Quintal É Maior do Que o Mundo, em homenagem ao poeta pantaneiro Manoel de Barros. A escola está fora de moda (como talvez também esteja Manoel de Barros, nestes tempos de Roberto Freire não-ministro da não-Cultura), mas vive uma...

17 músicas "vadias" & 1 liberdade

17 músicas "vadias" em celebração à marcha da liberdade deste 18 de junho: 1. Secos & Molhados, "Oh! Mulher Infiel" (1974) 2. Noel Rosa e Arthur Costa, "Mentiras de Mulher" (1932) 3. Dandara, "A Buchecha É Minha" (2009) 4. Ultraje a Rigor, "Eu Gosto de Mulher" (1987) 5. Gaiola das Popozudas, "Late Que Eu Tô Passando" (2008) 6. Abdula, "Melô da Mulher Feia (Do Wah...

Afasta de nós este cale-se, pai Chico!

FAROFAFÁ, um site de música BRASILEIRA, monta esta seleção NACIONAL em homenagem feita sob medida para o atual momento e para Ana de Hollanda e Chico Buarque - mas, também, a todos os Villa-Lobos, Buarque de Hollanda, Jobim, Caymmi, Moraes, Moreira, Veloso, Nascimento, Carlos Braga, Carlos Esteves, César Pinheiro, Sá, Rodrix, Guarabyra, Tapajós, Carrilho, Bonfá, Lee de Carvalho, di Camargo, Brant, Rabello, Ramalho,...

Tomar banho de chapéu

Com um arranjo de metais que lembra a fase soul de Roberto Carlos, a mais nova versão para "Sociedade Alternativa" (1974), de Raul Seixas e Paulo Coelho, surpreendeu o Brasil. Quem cantava era o norte-americano Bruce Springsteen, na abertura de seu show em São Paulo, na quarta-feira 18 de setembro de 2013. Nem deveria surpreender: o belíssimo encontro de lendas do rock, uma daqui...

Por um 2014 mais feliz

Evitando (sem evitar) os votos tradicionais que se repetem a cada final de ano, mas nem sempre se concretizam no ano seguinte, FAROFAFÁ oferece um cardápio de canções plenas de sentimentos bons, felizes, alegres, positivos, para 2014, e além. É só música FODONA, que é o que a gente deseja para todo mundo que andou, anda e andará por aqui -...

Música feminina brasileira

Leia sobre Joyce Moreno na companhia de um guia de canções da artista, em vozes tão variadas quanto as de Maria Bethânia e Ney Matogrosso, Milton Nascimento e Wanderléa, Elis Regina e o grupo indie rock norte-americano Portastatic. 27 joyces from farofafabr on 8tracks Radio. 1. Joyce, "Não Muda, Não" (1968) - a canção feminista que abre o primeiro álbum da...

Rádio Farofa: domingo

Em honra à sunday morning que levou Lou Reed embora. 1. Ângelo Máximo, "Domingo Feliz (Beautiful Sunday)" (1972) - pop pós-jovem guarda para um domingo feliz. O passado não foi, quem sabe o próximo? 2. Bebeto, "Praia e Sol" (1981) - Praia, sol, Maracanã, futebol: domingo. 3. Beth Carvalho, "Domingo Antigo" (1968) - uma Beth de festival, toadeira moderna, pré-sambista, cantando Arthur Verocai e Arnoldo Medeiros. 4. Claudette Soares, "Domingou" (1968) -...

Rádio Farofa: a felicidade não existe?

RÁDIO FAROFA convida para um pequeno passeio pela discografia de Odair José e adjacências.   1. Diana, "Vida Que Não Para" (1978) - uma das canções mais otimistas (e fofas) de Odair, de 1972, na versão de sua esposa e colega de estrelato nos anos 1970. 2. Zeca Baleiro, "Eu, Você e a Praça" (2006) - versão arrasa-quarteirão da balada de 1973 por um fã (e mais...