A 43a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo prossegue com exibições de “O Jovem Ahmed”, “Deus É Mulher e Seu Nome É Petúnia”, “Os Olhos de Cabul” e o brasileiro “Babenco”.

DOS IRMÃOS DARDENNE

Na Mostra Internacional de Cinema (mostra.org), destaque para o drama O Jovem Ahmed, prêmio de Melhor Direção do Festival de Cannes para Jean-Pierre e Luc Dardenne. Sessões dias 20, 22, 24 e 29 de outubro.

A DEUSA PETÚNIA

Uma mulher rompe uma tradição masculina e estremece uma pequena cidade na Macedônia, em Deus É Mulher e Seu Nome É Petúnia, com sessões de 25 a 29.

CIDADE EM RUÍNAS

A animação Os Olhos de Cabul, exibida de 27 a 30, mostra a difícil história de amor entre Mohsen e Zunaíra em meio a uma cidade ocupada pelos talibãs.

O FIM DO ISOLAMENTO

Premiado em Sundance, o documentário Honeyland contrapõe a vida pacata de Hatidze depois da chegada de uma família itinerante (dias 19, 21, 23 e 26).

UMA HOMENAGEM

Babenco, Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou terá exibição nos dias 20, 21 e 25. A atriz Bárbara Paz filmou os últimos dias do companheiro, o diretor Hector Babenco

 

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome