matt informa direto de copenhague:
o grupo de punk cigano gogol bordello é o primeiro ato pop em copenhague.
está lá e vai se apresentar de graça na terça, no centro da cidade, para os malucos das ongs e da ilha de tuvalu, na oceania, de 12 mil habitantes, que está ameaçada de desaparecimento pelo aquecimento global (todos estamos, mas tuvalu pode ir antes).
copenhague é a única cidade do mundo que tem um distrito só para malucos, cristiânia, uma “ilhota” no centro da cidade onde vivem os outsiders.
eles têm sua própria constituição, que é respeitada.
o gogol bordello tocou aqui em sp no dia do apagão, no via funchal.

“Não acho que políticos tenham poder, eles apenas seguem o fluxo econômico. Não têm visão, exceto um ou outro mais profundo pensador da política. A política hoje é só
um sinal da paranóia e da doença mental dominantes, querendo impor seu poder”.

EUGENE HUTZ, LÍDER DO GOGOL BORDELLO

AnteriorHOMMAGE
PróximoOS COPOS DA COP15
Jotabê Medeiros, paraibano de Sumé, é repórter de jornalismo cultural desde 1986 e escritor, autor de Belchior - Apenas um Rapaz Latino-Americano (Todavia, 2017), Raul Seixas - Não diga que a canção está perdida (Todavia, 2019) e Roberto Carlos - Por isso essa voz tamanha (Todavia, 2021)

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome