segunda-feira, setembro 16, 2019

A autoridade de Francineth

Uma grande voz do samba canta a canção que enfureceu o general, Cambão, em show no Sesc Pompeia Plantei arroz, plantei feijão/De sol a sol eu trabalhei que só um boi ladrão/E a safra, vai vendo irmão, a maior parte ficou toda com o patrão Essa música...

Alice & Ayrton

A arte se encolhe e se expande em tempos de aperto econômico e político. A economia favorece o surgimento de trabalhos mínimos, tipo voz e um instrumento - um piano, um violão. Assim são os novos trabalhos da carioca Alice Caymmi, só voz e piano, e do pernambucano Ayrton Montarroyos, só voz e violão de sete cordas....

Um mergulho nas canções

O pernambucano Ayrton Montarroyos tem 23 anos e conheceu de dentro a máquina de moer carne jovem chamada The Voice Brasil, da Rede Globo. Ficou em segundo lugar na quarta edição, em 2015, e de lá para cá tenta trilhar outra rota, bem diferente do oba-oba global. "Vi que não era aquilo....

João do Vale: a voz do povo revoou

"Poeta do povo", o compositor maranhense vira tema de musical que circulará o Brasil no segundo semestre de 2019 A roda da história gira em torno do próprio eixo. No aniversário de 55 anos do histórico show Opinião, João do Vale (1933-1996) está vivo outra vez. Iniciado no Maranhão, em 2017, o musical...

Geraldo Azevedo, o sobrevivente

O cantor e compositor pernambucano lança "Solo Contigo" e fala da prisão e da tortura pela ditadura brasileira, em 1969 e 1974 Geraldo lança o DVD e CD ao vivo "Solo Contigo" - foto Marcelo Ribeiro/Divulgação "A gente saiu da maior glória para a clandestinidade." O pernambucano Geraldo Azevedo...

Airto e Flora do Brasil

Pouca gente no Brasil percebeu a volta da asa branca. Em momento dos mais desfavoráveis, a carioca Flora Purim fez discretamente o trajeto oposto ao de 52 anos atrás e deixou os Estados Unidos rumo a Curitiba, no Paraná, sul do Brasil. Em 1967, livre e solta, ela migrou no rumo do sonho de conhecer Miles Davis, Thelonious Monk e outros de seus muitos...

Zé Ramalho da Paraíba, quase 70

O rosto de Zé Ramalho é como se tivesse lava escorrida de um vulcão antigo, é cheio de sulcos e formações rochosas indiferentes, tipo as colinas de Lanzarote. Ele ri pouco, e mesmo quando ri é uma risada que parece de alguma forma dolorosa, incubada. E ele sempre termina suas canções com um lamento, um uivo de novena. Ele...

Elba Ramalho: ouro do pó da estrada

Elba Ramalho fotografada por Mana FernandesEm 1971, de passagem pela cidade de São Bento do Una, em Pernambuco, Luiz Gonzaga entrou numa agência do Banco do Brasil para fazer uma transferência. O caixa ficou encantando com aquela notável presença e, conversador, arranjou um jeito de recomendar vivamente a Gonzagão: Luiz tinha que conhecer um compositor da cidade, Nelson Valença,...

Môa do Katendê: o 1º artista

O baiano Romualdo Rosário da Costa, conhecido como Môa do Katendê, tem sido tratado como capoeirista no obituário sobre seu assassinato a facadas por um eleitor de Jair Bolsonaro, numa discussão na madrugada pós-eleitoral de 8 de outubro, em Salvador. Moa é, além disso, o primeiro artista a sucumbir à onda protofascista que emerge das urnas no Brasil de...

Alzira, navalha na carne

Primeiro, ela engavetou o sobrenome Espíndola e virou Alzira E. Atualmente, desdiz-se até mesmo como Alzira e prefere ser integrante qualquer da banda Corte, completada por três rapazes da big band afropaulistanabeat Bixiga 70 - Marcelo Dworecki, Daniel Gralha e Cuca Ferreira -, mais Fernando (ou Nandinho) Thomaz. A única mulher da banda é líder que não quer se dizer líder, nem sequer proclamar seu nome. Parceira essencial de um dos mais...