O que assobiava Y’oi quando pescou o povo Tikuna? (*)

Meu nome é Djuena, "a onça que pula no rio". Sou filha do Alto Solimões, nasci na aldeia Umariaçu, na fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia. Vim com os meus pais para a capital ainda pequena, vim para morar em uma comunidade Tikuna chamada Wotchimaucu, na periferia de Manaus, no Amazonas. Aqui foi onde cresci. Tenho 31 anos,...

As olimpíadas de dentro

Parecem os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Também na 61ª Festa do Peão de Barretos (município do norte paulista, a 421 quilômetros da capital) cada detalhe ostenta uma atmosfera de guerra e competição, oculta sob uma capa super-heróica de paz e harmonia. Estamos, pacíficos & pacatos, na maior festa de peão de rodeio da América Latina, como repete o...

A festa joanina

  "Ô, Juninho! Cê é surdo?" Cambaleante, o bebum grita com insistência, tentando chamar a atenção do artista que está no alto do palco armado na praça central da cidade. Podia ser qualquer rua e praça de qualquer cidade e país. Mas nestes quatro dias juninos estamos vivendo em Joanópolis, o pequeno município paulista que gosta de dizer que nasceu de...

A grande revelação paulista

Maior evento da cultura tradicional do Estado, o festival Revelando São Paulo mostra-se uma ponte entre o estômago e a fé, entre a memória e a esperança Revelar São Paulo é uma tarefa tão hercúlea que pode parecer pedantismo anunciar que se vai encará-la. Mas a maior feira de gastronomia e cultura do estado tem feito boa figura: quilombos e...

Quem tem medo do Brasil?

"Quem Tem Medo de Música Caipira?", pergunta o título de uma canção de 1972 do músico fluminense Ruy Maurity. Integrante do LP Em Busca do Ouro, creditado a Ruy Maurity & Trio, a moda de viola pós-moderna participava da movimentação que ficaria conhecida como rock rural e atacava um tabu que o Brasil não estava preparado para enfrentar - talvez não esteja ainda...

O ser tão sertanejo foi uma tradição inventada

Existe uma ligação entre o dito sertanejo de raiz, a música caipira, e as novas gerações de músicos sertanejos? Esse foi o tom das discussões que giraram entre o historiador Gustavo Alonso, autor de "Cowboys do Asfalto" (editora Civilização Brasileira), Pedro Alexandre Sanches e Eduardo Nunomura, editores do site, Danilo Cymrot, pesquisador cultural e sanfoneiro, e Kátia Passos, jornalista....

Por que o sertanejo é tão repelido pela sociedade

FAROFAFÁ apresenta o resultado de um bate-papo descontraído entre o historiador Gustavo Alonso, autor de "Cowboys do Asfalto" (editora Civilização Brasileira), Pedro Alexandre Sanches e Eduardo Nunomura, editores do site, Danilo Cymrot, pesquisador cultural e sanfoneiro, e Kátia Passos, jornalista. A conversa pensada para falar do lançamento do livro resultou em horas de discussão sobre música, cultura, academia, jornalismo...

O que é a música sertaneja, segundo a academia

No dia 25 de setembro de 2015, o autor do livro 'Cowboys do Asfalto/ Música sertaneja e modernização brasileira', Gustavo Alonso, foi entrevistado por Pedro Alexandre Sanches e Eduardo Nunomura, do site Farofafá, Danilo Cymrot, sanfoneiro e pesquisador cultural, e a jornalista Kátia Passos. O encontro rendeu horas de conversas sobre música, cultura, mídia e política. Nesse primeiro episódio,...

O bode na sala da música brasileira

A MPB não gostava da música caipira que não gostava da música sertaneja que não gostava da academia que não gostava do jornalismo musical que detestava todos os outros e só gostava do indie rock gringo - que, por sua vez, mais parecia música sertaneja ou caipira ou MPB. As formulações generalizantes são burras, embora possuam lá algum fundo de vínculo com...

Michel Teló foi assassinado…

Este texto é uma resposta às leituras e comentários ao texto "Morreu Michel Teló?". Se você não leu aquele texto, por favor leia. Se houve espanto há duas semanas, hoje causa mais espanto ainda o fato de que Teló morreu não de causas naturais. Mas assassinado pelos próprios fãs sertanejos. É claro que todo bom leitor entenderá a alegoria aqui...