A cantora Alice Caymmi canta na noite de abertura do evento. Foto: divulgação
A cantora Alice Caymmi canta na noite de abertura do evento. Foto: divulgação

Apesar do ataque sistemático de Jair Bolsonaro e seus escalões de governo às artes, à cultura e ao pensamento nacional, certos eventos já consolidados no calendário cultural do país, resistem. Em São Luís do Maranhão tem início, neste sábado (5), a 14ª. Aldeia Sesc Guajajara de Artes, realização do Sesc/MA, que conjuga diversas linguagens em palcos distribuídos por vários bairros e municípios da ilha.

A abertura acontece às 17h, na Concha Acústica Reinaldo Faray, na Lagoa da Jansen. A noite terá apresentação de Victor Silper, performance “O fogo de Prometeu”, do coletivo O Circo tá na Rua, show da Orquestra Maranhense de Reggae, discotecagem de Fê Marques e, encerrando a noite, o show “Pop”, da carioca Alice Caymmi.

Até a sexta-feira seguinte (11), a programação inclui vivências e espetáculos circenses, teatrais e de dança, performances, shows musicais, rodas de diálogos, saraus literários, mostras de cinema (uma delas dedicada ao cinema marginal) e palestras.

Entre os destaques da programação estão o show do ótimo Quarteto Buriti – dia 10, às 19h, no Teatro Sesc Napoleão Ewerton (Av. dos Holandeses, Jardim Renascença II) –, o  concerto com a Orquestra Sesc Musicar (que trabalha o ensino de música para crianças e adolescentes em bairros da periferia da capital maranhense) – dia 11, às 17h30, no Ceprama (Madre Deus) – e o show de encerramento, com MC Tha – dia 11, às 20h30, no Ceprama.

A programação é gratuita e os ingressos podem ser retirados com uma hora de antecedência, no local das apresentações.

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome