Que tal incrementar a lista de sugestões musicais que Dilma Rousseff oferece para seus seguidores? Toda manhã, o perfil SiteDilmaRousseff sugere uma canção brasileira para os seus mais de 260 mil seguidores no Facebook, acompanhado da hashtag #BOMDIAPRAVOCÊ. Na playlist presidencial, tem Tim Maia, Jamelão, Ivan Lins, Caetano Veloso, Paulinho da Viola, Jamelão, Luiz Gonzaga, Lenine, Marisa Monte, Legião Urbana, entre outros. Que outras canções de bandas e intérpretes brasileiros a presidente poderia indicar?

As sugestões oficiais, claro, não são de Dilma, mas da equipe da presidente. A página é administrada pelo Partido dos Trabalhadores e faz parte da estratégia de fazer Dilma ocupar espaço nas redes sociais. É mais impessoal que o perfil @dilmabr, do Twitter. E nada muito revelador.

É uma ação recente. Começou no dia 30 de dezembro, com “Tente Outra Vez”, de Raul Seixas. No início, vinha acompanhada de uma frase de auto-ajuda. Na do roqueiro baiano, foi esta: “Bom dia pra você que acredita que é de batalhas que se vive a vida, como diz a canção do inesquecível Raul Seixas!”. Para desejar um Feliz Ano Novo, com “Carinhoso” tocada por Yamandú Costa, o perfil dizia: “Bom dia pra você que acordou com aquela sensação de que esse ano será maravilhoso”. As frases logo foram deixadas de lado, mas as indicações não falham um dia. Nesta sexta-feira, é a versão ao vivo de “Eu Sei Que Não Sei Quase Nada Do Mar”, com Maria Bethânia.

Dilma
Assim que assumiu, em 1º de janeiro de 2011, Dilma recorreu pouco às redes sociais. Só mudou de ideia depois das manifestações de junho de 2013, quando a equipe de comunicação do governo decidiu usar esse espaço. Mas, mesmo assim, se comunicar pela e com a música (e, de tabela, a cultura) nunca foi o forte da presidente. Em outubro do ano passado, a equipe do Facebook lembrou do centenário de Vinicius de Moraes. Em agosto, falou da sanção da Lei 12.853, que organiza a nova gestão de direitos autorais no Brasil. E não passou muito disso.

Segue abaixo a playlist presidencial:

“Eu Sei Que Não Sei Quase Nada Do Mar” – Maria Bethânia
“Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar)” – Tim Maia
“Marcha Da Quarta-Feira De Cinzas” – Toquinho & Vinícius
“Nervos De Aço” – Paulinho Da Viola
“Vitoriosa” – Ivan Lins
“Vai Embora Tristeza” – Arlindo Cruz
“Matriz Ou Filial” – Jamelão
“Grand’hotel” – Paula Toller


“Milagres Do Povo” – Caetano Veloso
“Canta Canta, Minha Gente” – Martinho Da Vila
“Pais E Filhos” – Legião Urbana
“Gostava Tanto De Você” – Tim Maia
“Terra” – Caetano Veloso
“Pavão Misteriozo” – Ednardo
“Estácio Holly Estácio” – Luiz Melodia
“Sonhos” – Peninha
“Espelhos D’água” – Jorge Aragão e Emílio Santiago


“Não É Fácil” – Marisa Monte
“Colombina” – Ed Motta
“Timoneiro” – Paulinho Da Viola
“Meu Amigo, Meu Herói” – Zizi Possi e Gilberto Gil
“Força Estranha” – Caetano Veloso
“Respeita Januário” – Luiz Gonzaga
“Papel De Pão” – Jorge Aragão
“Com Açúcar, Com Afeto” – Fernanda Takai
“Desafinado” – João Gilberto
“Esotérico” – Gilberto Gil
“Amado” – Vanessa Da Mata
“Mormaço” – Alcione
“João Valentão” – Dorival Caymmi
“Mucuripe” – Fagner


“Sentado À Beira Do Caminho” – Erasmo Carlos
“O Segundo Sol” – Cássia Eller
“Chuva No Brejo” – Marisa Monte (part. Moraes & Davi Moreira)
“Tom Maior” – Martinho Da Vila
“A Lua” – MPB4
“País Tropical” – Jorge Ben Jor
“Pra Você Guardei O Amor” – Nando Reis e Ana Cañas
“O Bêbado E A Equilibrista” – Elis Regina
“Noites Cariocas” – Jacob Do Bandolim
“Pedacinhos Do Céu” – Waldir Azevedo
“Todas Elas Juntas Nu” – Lenine
“Quantas Lágrimas” – Manacéa & Paulinho Da Viola
“Segue O Seco” – Marisa Monte
“Carinhoso” – Yamandú Costa


“Tente Outra Vez” – Raul Seixas

4 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia presidenta Dilma Rousseff,

    Gostaria de sugerir, que acrescente ao seu playlist músicas de Jackson do Pandeiro, Luiz Ramalho, Zé Ramalho, Sivuca, Luiz Gonzaga, Genival Lacerda, Biliu de Campina, enfim o nordeste e a Paraíba agradece.

    Beijus e até a vitória

  2. Bem… se estivesse afinado com os dia a dia da Presidenta, certamente nesta semana a equipe deveria ter postado “Carta de Amor” de Bethânia; e “Beijinho no Ombro” da Popozuda – como uma indicação subliminar vade retro para o PMDB.

    Tirando isso… eu recomendaria que pudessem postar indicações a músicas de artistas independentes. Da minha conta, eu prefiro abdicar de ouvir uma do Caetano – que eu já conheço e sei que não estou no clima para clicar – que a de um artista que eu não ouvi ainda e que pode me surpreender. Vamos dar essa sugestão?

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome