Bixiga 70 e convidados apresentaram musical ‘Os Saltimbancos’, coroando a 1ª edição

Foi emocionante, um dos shows mais bonitos da Virada Cultural 2013. E não era tarefa das mais fáceis. Gerações cresceram ouvindo o LP lançado em 1977, imortalizado nas vozes de Miúcha (galinha), Nara Leão (gata), e Magro (jumento) e Ruy (cachorro), do MPB4. Já passavam das 18h50 de domingo, quando a banda Bixiga 70 aquecia o impaciente público para a entrada dos personagens dessa nova consagração.

E lá vieram o jumento (Skowa), o cachorro (Maurício Pereira), a galinha (Alzira E) e a gata (Anelis Assumpção). Os cantores não tinham o repertório na ponta da língua, mas não fizeram feio. A plateia adulta cantava tão empolgada, como que dissessem: “Olha, filho, aquela música que gostamos de cantar em casa”. A diferença é que estavam diante de um grande palco, talvez o primeiro para muitas das crianças.

Os integrantes do Bixiga 70 tocaram visivelmente felizes e deram uma roupagem moderna ao musical, que em 1977 foi produzido e dirigido por Chico Buarque e Sergio de Carvalho. Chico adaptou e acrescentou canções às letras de Sergio Bardotti e música de Luis Enríquez Bacalov. Na Virada Cultural, a apresentação fez pais e filhos dançarem e cantarem juntos, uma cena bonita de se ver.

Foi o gran finale para quase 15 horas de shows que ocorreram no palco montado ao lado da belíssima e histórica Estação da Luz. A primeira Viradinha Cultural aconteceu por sugestão de Juca Ferreira, secretário de Cultura, que tem dois filhos, o menor deles com 3 anos. As apresentações começaram no sábado às 15 horas, antes mesmo do início oficial da Virada, com os Barbatuques, e terminaram com o concorrido show da Palavra Cantada, de Sandra Peres e Luiz Tatit, sempre uma opção imperdível para a criançada.

Depois do intervalo da madrugada, a Viradinha recomeçou no domingo com Kleiton & Kledir (sim, eles mesmos!) e o Grupo Tholl, Pequeno Cidadão e André Abujamra. Vi Edgard Scandurra e seu gracioso e modernoso projeto Pequeno Cidadão, em que ele toca com sua filha, Estela, de 7 anos. Completam a nova formação da banda Taciana Barros e Antonio Pinto.

Pequeno Cidadão - Foto Eduardo Nunomura
O show do Pequeno Cidadão apresentou músicas do primeiro disco, mas a ideia era lançar o 2º DVD do grupo, formado em 2008 quando quatro pais amigos e músicos (Arnaldo Antunes completava o quarteto) resolveram gravar com seus filhos. No domingo, a banda viu a plateia adulta e infantil reproduzir várias de suas canções que falam de alegrias, dúvidas, desafios, tristezas e diversão. Só quem é pai ou mãe sabe a dificuldade de falar desse universo de sentimentos com seus pequenos.

A música, como se viu nessa Viradinha Cultural, é um dos mais belos elementos para unir pais e filhos.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA REPOSTA

Por favor, deixe seu comentário
Por favor, entre seu nome