Prefeitura do Rio lança canção-tema para jogos de 2016, cheia de nomes da música e outras personalidades da Cidade Maravilhosa, mas Comitê Organizador não a considera como oficial

Lançada sem muito estardalhaço dois dias atrás, a canção extraoficial da Olimpíada do Rio, em 2016, está aí para quem quiser ouvir. Experimente ouvi-la sem ver o clipe, como se fosse uma música do rádio. Reconheça ali vozes muito familiares, como de Mart’Nália, Mr. Catra, Zeca Pagodinho, Ed Motta, Arlindo Cruz e outros.

A composição “Os Grandes Deuses do Olimpo Visitam o Rio de Janeiro” é de Arlindo Cruz, Rogê e Arlindo Neto, a produção, de Kassin, e direção de Estevão Ciavatta. Já de partida está dando um pequeno rebuliço. O Comitê Rio 2016 não a reconhece como sendo oficial, e atribui ela como sendo uma iniciativa do prefeito pemedebista Eduardo Paes.

O sambinha reúne ainda artistas como Buchecha, Diogo Nogueira, Fernanda Abreu, Fundo de Quintal, Jorge Aragão, Pedro Luís, Roberta Sá, Ronaldo Bastos, Sandra de Sá, Thalma de Freitas, Toni Garrido, Zélia Duncan e sambistas das velhas guardas do Império Serrano e da Vila Isabel. Dá para imaginar a dificuldade em reunir essa galera toda, no melhor estilo Band-Aid (a megabanda estrelada de músicos ingleses e irlandeses organizada por Bob Geldof, em 1984, para arrecadar recursos para a Etiópia e que gravou “Do They Know It´s Christmas?”) ou USA for Africa (e a não menos clássica “We Are the World”).

Okay, uma coisa é uma causa social, e outra serão os jogos olímpicos no Brasil. Faltaram nomes que estão arrebentando na música brasileira? Sempre faltarão. A música-tema reflete a (atual) diversidade sonora brasileira? Teria como? O evento vai ser no Rio, e é natural que a canção-tema venha recheada de nomes marcadamente cariocas. Mas, ao mesmo tempo, já que o mundo está escrutinando o Rio como se fosse o Brasil, por que não pensar grande? Fica a dica…

No final das contas, esse videoclipe é apenas um primeiro indicativo do que pode vir por aí, de forma oficial e extraoficial, reverberando no mundo esportivo e cultural. Dá para ver ali o jovem líder Renê Silva (@Rene_Silva_RJ), do Complexo do Alemão, tuitando para seus milhares de seguidores. Dá para admirar o Jardim Botânico, os morros do Pavão-Pavãozinho, as praias e as quadras das escolas de samba, que aparecem como cenário do filme. Os deuses do Olimpo estão representados por personalidades como Martinho da Vila, Nelson Sargento, Rodrigo Santoro, Carolina Dieckmann, Fernanda Montenegro, Regina Casé, Helio de La Peña, Nélida Piñon.

Comitê Organizador Rio 2016 e autoridades do Rio posam com atletas na chegada da Bandeira Olímpica ao Brasil - Foto Eliane Carvalho/Prefeitura do Rio

E, claro, você vai ter de ouvir, pela enésima vez, que “o Rio de Janeiro continua lindo”… Bia Abramo, por enquanto, nada de Michel Teló, nem Chico Science

Segue a letra:

Os gregos Deuses do Olimpo chegaram na nossa cidade
E o Rio continua lindo… um pantheon de verdade
Apolo adorou o som, o pôr-do-sol e a tarde
Poseidon olhou o mar, e disse: “isso é que é felicidade!”

Ficaram na roda de semba até clarear, ficaram até de perna bamba de tanto sambar
Oh, oh, oh… Os Deuses do Olimpo
Oh, oh, oh, oh… chegaram na nossa cidade
Oh, oh, oh… Ficaram até de “perna bamba”
Oh, oh, oh, oh… de tanto sambar.

Até os mensageiros falam pro pessoal que o Rio de Janeiro é sempre Carnaval
Até o Dionízio saiu na bateria e era a Afrodite a Rainha da Folia.
E Hera se encantou com a lua do Arpoador…
Athenas se encantou com a vista lá do Redentor.

Oh, oh, oh… E o Rio de Janeiro continua lindo…

E Zeus mandou dizer que os jogos estão pra chegar!!!

Siga o FAROFAFÁ no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

2 COMMENTS

  1. Oh,oh,oh,oh, lembrou-me algo parecido com Os alquimistas estão chegando.
    A expressão …”quem treinou treinou, quem não treinou,não treinou” é incrivelmente complexa e exige um estudo mais aprofundado. O Olivetti é bom arranjador, tenho certeza de que procurou fazer o melhor que pode com o material disponível.O clichê de vários músicos reunidos como se fosse um We are the world, achei pouco criativo.
    Como propaganda institucional da cidade do Rio de Janeiro dá pra quebrar um galho, mas como música tema das Olímpiadas no Brasil está horrível, péssimo mesmo.

DEIXE UMA RESPOTA

Por favor, registre seu comentário
Por favor, entre seu nome